Transpondo o Ensino Híbrido para o Remoto Emergencial: Relato de Experiência em um Programa de Pós Graduação na Área da Saúde

Autores

Resumo

A disciplina optativa “Modelos Experimentais de Doenças Cardiometabólicas” é oferecida há três anos pelo Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Ciências Cardiovasculares da Universidade Federal Fluminense em formato híbrido. O objetivo deste artigo é relatar e discutir o planejamento, as estratégias e as ferramentas utilizadas para adaptar esta disciplina para oferta integralmente online no período de isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus. As ferramentas utilizadas foram o Google Meet® para atividades síncronas e o ambiente virtual de aprendizagem (AVA) EDMODO® para a comunicação com os alunos e disponibilização de recursos educacionais e tarefas. Foram realizados fóruns, tarefas, júri simulado e seminário, sendo disponibilizados vídeos explicativos sobre o AVA e um banco de artigos para estudo. Todos os alunos conseguiram interagir no AVA. Nos fóruns com duração de uma semana, houve uma intensa conversação nos dois primeiros e dois últimos dias do prazo estabelecido. No júri simulado, os alunos relataram que estudaram para a atividade e gostaram da proposta. No que concerne à interatividade do seminário assíncrono, esta ocorreu majoritariamente próxima ao final do prazo estabelecido. O formulário de avaliação da disciplina mostrou grande aceitação das atividades propostas. Considera-se que a adaptação da disciplina para a educação online foi eficaz, tanto na visão discente quanto docente. Houve participação ativa dos alunos, que avaliaram positivamente o formato digital da disciplina, recomendando a sua manutenção.

Palavras-chave: Educação online. Tecnologias digitais de informação e comunicação. Tecnologia educacional. Pós-graduação. Ensino na área da saúde.



Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Caroline Fernandes-Santos, Universidade Federal Fluminense

Instituto de Saúde de Nova Friburgo/Universidade Federal Fluminense

Renata Frauches Medeiros, Universidade Federal Fluminense

Universidade Federal Fluminense, Faculdade de Nutrição Emília de Jesus Ferreiro

Gabrielle de Souza Rocha, Universidade Federal Fluminense

Universidade Federal Fluminense, Faculdade de Nutrição Emília de Jesus Ferreiro  

Referências

ALVES, J. R. M. Educação como elemento essencial para o desenvolvimento. Atualidades em Educação. Rio de Janeiro: Instituto de Pesquisas e Administração da Educação. p. 19-20. 2011.

CUNHA, M. I. Docência na Educação Superior: a professoralidade em construção. Educação, v. 41, n. 1, p. 6-11. 2018. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/29725. Acesso em: 22 abr. 2021.

FERNANDES-SANTOS, C.; VENTURINO-PEREZ, P. L. Júri simulado: O homem causa o aquecimento global? In: FILHO, J. R. F.; ASHLEY, P. A.; CORRÊA, M. M. (org.). Educação ambiental, sustentabilidade e desenvolvimento sustentável: contribuições para o ensino de graduação. Niterói: Eduff, 2019.

FERRAZ, A. P. C. M.; BELHOT, R. V. Taxonomia de Bloom: revisão teórica e apresentação das adequações do instrumento para definição de objetivos de aprendizagem. Gest. Prod., São Carlos, v. 17, n. 2, p. 421-431. 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/gp/v17n2/a15v17n2.pdf. Acesso em: 20 nov. 2020.

FULLERTON, J. T.; INGLE H. T. Evaluation Strategies for Midwifery Education Linked to Digital Media and Distance Delivery Technology. J Midwifery Womens Health, v. 48, n. 6, p. 426-436. 2003. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/abs/pii/S1526952303003088. Acesso em: 20 nov. 2020.

HAGUENAUER, C. Metodologias e estratégias na educação à distância. Laboratório de Pesquisa em Tecnologia da Informação e da Comunicação - LATEC. 2015. Disponível em: http://www.latec.ufrj.br/portfolio/at/4%20EAD%20metodologias.pdf. Acesso em: 20 nov. 2020.

HATTGE, A. A. G.; RIBAS, C. C. C; PAULO, A. B. D. A importância do feedback do tutor on-line no ensino a distância. Ensaios pedagógicos. n. 8, dez. 2014. Disponível em: http://www.opet.com.br/faculdade/revista-pedagogia/pdf/n8/artigo-2.pdf. Acesso em: 20 nov. 2020.

LIMA, L. de; LOUREIRO, R. C. Tecnodocência: Integração entre tecnologias digitais da informação e comunicação e docência na formação do professor. 1. ed. Fortaleza: Edições UFC, 2019. E-book. 121 p.

MORAN, J. M. Os novos espaços de atuação do professor com as tecnologias. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 4, n. 12, p. 13-21, maio/ago. 2004. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/index.php/dialogoeducacional/article/view/6938. Acesso em: 20 nov. 2020.

MORAN, J. M. A. Contribuição das tecnologias para uma educação inovadora. Revista Contrapontos, v. 4, n. 2, p. 347-356, maio/ago. 2005. Disponível em: https://siaiap32.univali.br/seer/index.php/rc/article/view/785. Acesso em: 20 nov. 2020.

MOREIRA, J. A.; MONTEIRO, A. Blended learning. In: MILL, D. (org.). Dicionário crítico de educação e tecnologias e de educação à distância. Campinas:Papirus. 2018.

MOREIRA, J. A.; SCHLEMMER, E. Por um novo conceito e paradigma de educação digital onlife. Revista UFG, v. 20, n. 26. 2020. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/63438. Acesso em: 20 nov. 2020.

MOSCOVICI, F. Desenvolvimento interpessoal: treinamento em grupo. v. 20. ed. Rio de Janeiro: José Olympio. p. 94-96. 2011.

PALLOFF, R. M.; PRATT, K. Lições aprendidas na sala de aula virtual. In: PALLOFF, R. M.; PRATT, K. Lições da sala de aula virtual: as realidades do ensino online. E-book. Tradução: Fernando Siqueira Rodrigues. 2. ed. Porto Alegre: Penso, cap. 9, p. 168-182, 2015.

PIMENTEL, M; CARVALHO, F. S. P. Princípios da educação online: para sua aula não ficar massiva nem maçante. 23 mai 2020. Disponível em: http://horizontes.sbc.org.br/index.php/2020/05/principios-educacao-online/. Acesso em: 20 nov. 2020.

SANTOS, G. L. Ensinar e aprender no meio virtual: rompendo paradigmas. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 37, n. 2, p. 307-320, mai/ago. 2011. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ep/v37n2/v37n2a07.pdf. Acesso em: 20 nov. 2020.

SANTOS, E. O.; CARVALHO, F. S. P.; PIMENTEL, M. Mediação docente online para a colaboração: notas de uma pesquisa-formação na cibercultura. Educação Temática Digital, v. 18, n. 2, p. 23-42, jan/abr. 2016. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/etd/article/view/8640749. Acesso em: 20 nov. 2020.

SILVA, A. N. et al. Limites e possibilidades do ensino à distância (EaD) na educação permanente em saúde: revisão integrativa. Ciência e Saúde Coletiva, v. 20, n. 4, p. 1099-1107. 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/csc/v20n4/1413-8123-csc-20-04-01099.pdf. Acesso em: 20 nov. 2020.

SOUZA, E. P. Educação em tempos de pandemia: desafios e possibilidades. Cadernos de Ciências Sociais Aplicadas, v. 17, n. 30, p. 110-118. 2020. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/ccsa/article/view/7127. Acesso em 20 nov. 2020.

Publicado

2021-05-18

Como Citar

Fernandes-Santos, C., Medeiros, R. F. ., & Rocha, G. de S. (2021). Transpondo o Ensino Híbrido para o Remoto Emergencial: Relato de Experiência em um Programa de Pós Graduação na Área da Saúde. EaD Em Foco, 11(2). Recuperado de https://eademfoco.cecierj.edu.br/index.php/Revista/article/view/1298