A INFLUÊNCIA DA TUTORIA NA PRÁTICA DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA

  • Cristina Oliveira Maia Fundação Cecierj
  • Denise Rocha Corrêa Lannes IBqM/UFRJ

Resumo

Neste artigo analisamos as relações e resultados obtidos por cursistas de disciplinas de um curso de formação continuada para professores da Educação Básica na modalidade de educação a distância. Nosso trabalho se desenvolve ao longo de vários períodos do referido curso. A análise da estrutura das disciplinas, o perfil dos tutores e dos cursistas nos dão um panorama das características deste grupo. Esperamos poder contribuir para a elucidação de alguns pontos na discussão sobre as características relevantes de tutores em EaD. Os tutores observados, em sua maioria, não apresentavam todas as características que tomamos como relevantes para tutores em EaD, ou seja, ser especialista na área em que atua, estar atuando com pesquisa na academia e ter experiência prévia em EaD. Os tutores especialistas em suas áreas, com experiência em EaD e com atividade acadêmica constante, mesmo atendendo um número, em alguns casos, quatro vezes maior que seus colegas que não apresentaram esta característica, apresentaram turmas com uma evasão significativamente menor e sem reprovação, para este grupo.

Biografia do Autor

Cristina Oliveira Maia, Fundação Cecierj

Mestre em Química Biológica, área de Concentração em Educação, Gestão e Difusão em Biociências.

Programa de Doutorado do Instituto de Bioquímica Médica / UFRJ

Docente Colaborador da área de Extensão da Fundação Cecierj

Denise Rocha Corrêa Lannes, IBqM/UFRJ

Doutor em Ciências pela UFRJ/IBqM

Professora Adjunto da UFRJ/IBqM

 

Docente Colaborador da área de Extensão da Fundação Cecierj

 

Publicado
2013-04-16
Como Citar
Maia, C. O., & Lannes, D. R. C. (2013). A INFLUÊNCIA DA TUTORIA NA PRÁTICA DA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. EaD Em Foco, 3(1). https://doi.org/10.18264/eadf.v3i1.132
Seção
Artigos Originais