POR UMA EFETIVA AÇÃO DOCENTE NA FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA?: APONTAMENTOS DE UMA EXPERIÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES

Autores

  • Luciano Luz Gonzaga Fundação CECIERJ.
  • Cristina de Oliveira Maia Fundação CECIERJ
  • Denise Rocha Corrêa Lannes Universidade Federal do Rio de Janeiro/CECIERJ

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v5i2.243

Resumo

Pensar na democratização da escola pública implica definir com transparência e clareza a função social dessa instituição. Assim, este trabalho teve por objetivo estabelecer um espaço de reflexão sobre a participação efetiva dos docentes cursistas na função social da escola, estabelecendo os indicativos necessários para uma prática pedagógica comprometida com a inclusão, com o respeito à diversidade e à tolerância. A experiência da disciplina intitulada Ação docente na função social da escola contribuiu para a construção de um olhar diferenciado sobre o universo escolar, especialmente, no que diz respeito à compreensão do papel social da escola nos dias atuais.



Palavras-chave: Função social da escola; Formação continuada; Formação de professores; Educação a distância.

 


For an Effective "Teaching-action in the Social Function of School": Notes from the Experience of Continuing Education for Teachers in Distance Learning


Abstract
To think about the democratization of the public school implies to define with transparency and clarity the social function of this institution. Thus, this study aims to create a space for reflecting on the effective participation of teacher students in the social function of the school, setting the required premises for an institution committed to promote inclusion, with respect for diversity, and tolerance within the pedagogical practice. This experience called Action in the social function of school has contributed to build a different view of the school environment, especially regarding the social role of the school in the present time.


Keywords: Social function of the school; Continued education; Teacher training; Distance Education.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciano Luz Gonzaga, Fundação CECIERJ.

Doutorando em Ciências: Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis/UFRJ; Docente da Fundação CECIERJ da área de Tecnologia Educacional: inovações educacionais. Rio de Janeiro

Cristina de Oliveira Maia, Fundação CECIERJ

Doutora em Ciências; Coordenadora da subárea de inovações educacionais da Fundação CECIERJ

Denise Rocha Corrêa Lannes, Universidade Federal do Rio de Janeiro/CECIERJ

Doutora em Ciências, professora-adjunta do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis/UFRJ, Coordenadora do mestrado profissional em Educação, Gestão e Difusão em Biociências, Chefe do Laboratório de Práxis pedagógica e Representações Sociais; Professora colaboradora da área de Prática Docente, da Diretoria de Extensão, da Fundação CECIERJ. Rio de Janeiro

Referências

Abbad, G. S., Zerbini, T., & Souza, D. B. L. (2010) Panorama das pesquisas em educação a distância no Brasil. Estudos de Psicologia, Natal, 15 (1), 291-298.

ALERJ. (2012). Lei complementar nº 103, de 18 de março de 2012. Acesso em fevereiro de 2014, disponível em http://alerjln1.alerj.rj.gov.br/contlei.nsf/f25571cac4a61011032564fe0052c89c/54bc5c4 e0965316603256b8e005cc9c9?

Almeida, O. C. S. et al. (2013). Evasão em cursos a distância: fatores influenciadores. Revista Brasileira de Orientação Profissional, 14 (1).

Belloni, M. L. (2008). Educação a distância. (5ª Ed). Campinas, SP: Autores associados, (Coleção educação contemporânea).

CEDERJ. (2014). Nossa história. Acesso em maio de 2014, disponível em http://www.cederj.edu.br/fundacao/index.php?option=com_content&view=arti cle&id=36&Itemid=17

Gomes, R. C., et al. (2010). Teorias de aprendizagem: Pré-concepções de alunos da área de exatas do ensino superior privado da cidade de São Paulo. Ciência & Educação, 16(3), 695-708.

Gonzaga, L. L., Velloso, A. & Lannes, D. (2012). Atitudes escolares de alunos e professores do Ensino Médio diurno e noturno: Representações Sociais acerca da escola. Revista Contexto & Educação, 27 (88).

Gonzaga, L. L. et al. (2013). Por uma efetiva ação docente na organização escolar: apontamentos sobre uma experiência de formação continuada de professores. Revista Paidei@, 4 (7).

Lück, H. (2010). Mapeamento de práticas de seleção e capacitação de diretores escolares. Relatório Final. Centro de Desenvolvimento Humano Aplicado (Cedhap). Acesso em junho de 2014, disponível em http://www.fvc.org.br/pdf/selecaocapacitacaodiretoresrelatoriofinal.pdf

Nascimento, T. P. C, & Esper, A. K. (2009). Evasão em cursos de educação continuada a distância: um estudo na Escola Nacional de Administração Pública. Revista do Serviço Público Brasileiro, 60 (2).

Nogueira, L. L. (1996). Educação a distância. Revista Comunicação e Educação, 2(5).

Perdigão, C. C. R. G. (2009). Estudo das dificuldades apresentadas pelos alunos da educação a distância na modalidade semipresencial do Curso de Licenciatura em Pedagogia. Dissertação de Mestrado. UFRJ/NUTES. Acesso em junho de 2014, disponível em http://www.nutes.ufrj.br/mestrado/arquivos/Dis.CristianeCasquilha.pdf

Publicado

2014-11-23

Como Citar

Gonzaga, L. L., Maia, C. de O., & Lannes, D. R. C. (2014). POR UMA EFETIVA AÇÃO DOCENTE NA FUNÇÃO SOCIAL DA ESCOLA?: APONTAMENTOS DE UMA EXPERIÊNCIA DE FORMAÇÃO CONTINUADA PARA PROFESSORES. EaD Em Foco, 5(2). https://doi.org/10.18264/eadf.v5i2.243

Edição

Seção

Estudos de Caso