Educação a Distância não é Ensino Remoto: Identificando Ações da Secretaria Estadual de Educação do Paraná em 2020

Autores

Resumo

Desde meados do mês de março de 2020, inclusive adotando medidas para reduzir a contaminação pelo novo Coronavírus, os serviços ofertados pelas políticas sociais e os setores privados de todo o mundo sofreram inúmeras alterações. Como forma de adequação ao novo paradigma e, ao alto índice de contaminação e de letalidade do vírus Covid-19, medidas extremas deveriam ser tomadas em muitas instâncias da vida social. A suspensão por tempo indefinido das aulas das redes públicas e privadas de ensino regular em resposta à pandemia passou a vigorar em todo o Estado do Paraná no dia 16 de março de 2020. Num quadro comparativo, cresceu o índice de acesso à rede de internet em 80% da população brasileira, em especial entre 9 e 17 anos. Além disso, a quantidade de acessos diária subiu de 21%, no estudo referente a 2014, para 66% no atual, com dados coletados em 2015. Esse aumento vislumbrado em 2020 ainda é segregador. As estratégias de Ensino Remoto Emergencial (ERE) são importantes para a redução dos efeitos negativos do distanciamento temporário, mas quais seriam as evidências acerca dos efeitos das lacunas criadas sem a interação presencial? Diante disso, este ensaio se propõe a registrar os primeiros protocolos do Estado do Paraná, relacionadas à educação remota, equivalência das horas aplicadas nessa modalidade de ensino emergencial como cumprimento do ano letivo, conforme exigem os órgãos reguladores. 

Palavras-chave: Pandemia. Educação remota. Direção escolar. Protocolos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Buniotti, Universidade Estadual do Paraná

Bacharel em Sistemas de Informação pela Universidade Paranaense (2006) e bacharel em Administração pela UNESPAR (2011). Participou do Programa Especial para Formação Pedagógica de Bacharéis pela UEM (2010). É especialista em Gestão Escolar: Supervisão e Orientação pela UNIVALE (2012), especialista em Métodos e Técnica de Ensino e em Informática Aplicada à Educação, ambas pela UTFPR (2014 e 2018, respectivamente). Desde 2009 é professor de Informática lotado no Quadro Próprio do Magistério da Secretaria de Educação do Estado do Paraná. A partir de 2011 foi eleito diretor auxiliar do Colégio Estadual de Paranavaí onde atua até o presente momento nesta função, sendo responsável pelas finanças, prestação de contas, acompanhamento e planejamento pedagógico, desenvolvimento e implantação de diversos projetos pedagógicos. Em 2018 assumiu também a função de Coordenador de Curso dos cursos técnicos de informática e administração. 

Referências

APP. Manifesto por uma educação humanizadora em defesa da vida. Contra as políticas educacionais de produção de exclusão e desigualdades em tempo de pandemia de Convid-19. Disponível em: https://appsindicato.org.br/wpcontent/uploads/2020/06/Manifesto_Ead_APP_Sindicato-1.pdf Acesso em 04 Jul/2020.

BATTISTELLA, J. Z. Avaliação e qualidade educacional: a voz de diretores de escolas de ensino fundamental de um município do estado de São Paulo. 2017. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/151980 Acesso em 03 Jul/2020.

BITTENCOURT, I. M.; MERCADO, L. P. L. Evasão nos cursos na modalidade de Educação a Distância: estudo de caso do Curso Piloto de Administração da UFAL/UAB. Ensaio: aval. pol. públ. Educ. Rio de Janeiro, v. 22, n. 83, p. 465-504, abr./jun. 2014.

BRASIL, MEC. Parecer 05/2020 e CNE/CP nº 9/2020. Aprovado em 28/04/2020. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=145011-pcp005-20&category_slug=marco-2020-pdf&Itemid=30192 Acesso em 1 Jul/2020a.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/ConstituicaoCompilado.htm Acesso em 02 Mai/2021.

BRASIL, Ministério da Educação. Portal de Notícias: atualizada legislação que regulamenta Educação a Distância no país (26/05/2017). Disponível em: http://portal.mec.gov.br/ultimas-noticias/212-educacao-superior-1690610854/49321-mec-atualiza-legislacao-que-regulamenta-educacao-a-distancia-no-pais Acesso em 30 Jun/2020.

CEE. Conselho Estadual de Educação. Protocolo n.º 16.563.841-7 e anexos, Protocolos n.º 16.562.762-8 e n.º 16.562.979-5. Deliberação CEE/CP N.º 02/2020 aprovada em 25/05/2020. Disponível em: https://www.educacao.pr.gov.br/sites/default/arquivos_restritos/files/documento/2020-06/deliberacao_n02_2020_cee.pdf Acesso em 21 Ago/2021.

COUTINHO, D. Aprendizagem também é responsabilidade do diretor. Então, por que muitos ainda resistem a ter este foco? Revista Nova Escola. 2019. Disponível em https://gestaoescolar.org.br/conteudo/2305/aprendizagem-tambem-e-responsabilidade-do-diretor Acesso em 30 ago/2021.

CIEB. Centro de Inovação Para a Educação Brasileira: notas técnicas #17: estratégias de aprendizagem remota (EAR): características e diferenciação da educação a distância (EAD). São Paulo: CIEB, 2020. E-book em pdf. Acesso em Ago, 2021. Disponível em: https://cieb.net.br/wpcontent/uploads/2020/05/CIEB_NotaTecnica17_MAIO2020_FINAL_web.pdf

FERNANDES, A. M. Projecto SER MAIS Educação para a Sexualidade Online. 2006. p.230. Dissertação (Mestrado em Educação Multimédia) – Universidade do Porto, Porto, Portugal, 2006

FRANÇA, C. L.; MATTA, K. W.; ALVES, E. D. A. Psicologia e Educação a Distância: uma revisão bibliográfica. Psicol. cienc. prof., Brasília, v. 32, n. 1, p. 4-15, 2012. Em web: www.scielo.br/pdf/pcp/v32n1/v32n1a02.pdf Acesso em 30 ago/2021.

GADOTTI, M. Qualidade na educação: uma nova abordagem – São Paulo: Editora e Livraria Instituto Paulo Freire, 2010.

GOVERNO DO PARANÁ, Decreto nº 4230 de 16/03/2020. Dispõe sobre as medidas para enfrentamento da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do Coronavírus – COVID-19. Disponível em: https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=390948 Acesso em Jul, 2020a.

LAVAL, C. A escola não é uma empresa: o neoliberalismo em ataque ao ensino público. São Paulo: Boitempo, 2019.

LOPES, N. F. M. A função do diretor do ensino fundamental e médio: uma visão histórica e atual. 2002. Disponível em: http://repositorio.unicamp.br/jspui/bitstream/REPOSIP/253452/1/Lopes_NatalinaFranciscaMezzari_M.pdf Acesso em 23 jun.2021

HODGES, C. et al. The Difference Between Emergency Remhing and Online Learning. Educause Review. March 2020. In web: https://er.educause.edu/articles/2020/3/the-difference-between-emergency-remote-teaching-and-online-learning Access: Feb/2021.

PARO, V. H. A utopia da gestão escolar democrática. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 60, p. 51-53, fev. 1987. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/index.php/cp/article/view/1235/1239 Acesso em 20 Jun 2021.

PARO, V. H. Gestão democrática da escola pública. São Paulo: Ática, 2008.

PARO, V. H. Administração escolar: introdução crítica. 9ª ed. São Paulo: Cortez, 2000

PARO, V. H. José Querino Ribeiro e o paradoxo da Administração Escolar. Revista Brasileira de Política e Administração da Educação. v. 23, n. 3, p. 561-570, set/dez. 2007. Disponível em: https://www.vitorparo.com.br/wpcontent/uploads/2019/10/josequerinoribeiroeoparadoxodaadministracaoescolar.pdf Acesso em 15 Jun/2021.

PIOLLI, E. Identidade e trabalho do diretor de escola = reconhecimento e sofrimento. 2010. 214 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação, Campinas, SP. Disponível em: http://www.repositorio.unicamp.br/bitstream/REPOSIP/251484/1/Piolli_Evaldo_D.pdf . Acesso em: Jul, 2020.

PRIOLLI, J. Quando o diretor se torna um gestor: a verdadeira missão do líder da escola é conciliar as demandas burocráticas e pedagógicas - para garantir que os alunos progridam. Revista Nova Escola - Gestão. 2008. Disponível em https://gestaoescolar.org.br/conteudo/808/quando-o-diretor-se-torna-um-gestor Acesso em: 10 jun/2021.

VERGARA, S. C. Métodos de pesquisa em administração. São Paulo: Atlas, 2005.

SAVIANI, D. Crise estrutural, conjuntura nacional, coronavírus e educação – o desmonte da educação nacional. Revista Exitus, Santarém/PA, v. 10 (1), 2020. p. 01-25, http://www.ufopa.edu.br/portaldeperiodicos/index.php/revistaexitus/article/download/1463/858/3143 Acesso em 28 abr/2021.

SAVIANI, D. As implicações da pandemia para a educação, segundo Dermeval Saviani. 2020b. Em web:https://vermelho.org.br/2020/07/30/as-implicacoes-da-pandemia-para-a-educacao-segundo-dermeval-saviani/ Acesso em 02 mai/2021.

SEED. Secretaria da Educação e do Esporte. Cartilha Gestão em Foco. Unidade 1 – Introdução à gestão pública: princípios e fundamentos. 2018.

SOUZA, A. S. et al. Precarização do trabalho docente: reflexões em tempos de pandemia e pós pandemia. Ensino em Perspectivas, Fortaleza, v. 2, n. 2, p. 1-23, 2021. Em web: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/4975/4231 Acesso em 24 jun/2021.

Publicado

2021-08-31

Como Citar

Buniotti, D., & Gomes, P. C. (2021). Educação a Distância não é Ensino Remoto: Identificando Ações da Secretaria Estadual de Educação do Paraná em 2020. EaD Em Foco, 11(2). Recuperado de https://eademfoco.cecierj.edu.br/index.php/Revista/article/view/1197