Elaboração de um Jogo de Perguntas e Respostas para os Processos e Ensino e Aprendizagem da COVID-19: Avaliação de Professores

Autores

Resumo

Em dezembro de 2019 teve início a disseminação do vírus SARS-CoV-2 na China e de lá rapidamente espalhou-se por todo o mundo. Essa pandemia ocasionou significativas mudanças na sociedade. No Brasil, os processos educacionais, bem como os materiais didáticos precisaram ser repensados a fim de ofertar conhecimento de forma remota para os estudantes. Nesse estudo foi desenvolvido um jogo digital, no formato de Quiz como atividade extensionista, com o objetivo de levar conhecimentos verídicos e confiáveis sobre a COVID-19. O jogo foi elaborado para estudantes do ensino fundamental e, antes de sua aplicação para os estudantes, foi primeiramente avaliado por professores. Os dados obtidos apontaram que o jogo se mostrou efetivo como material didático na concepção dos professores. Acredita-se que o jogo desenvolvido possa ser utilizado como ferramenta alternativa de ensino, com potencial para contribuir para os processos de ensino e aprendizagem.

Palavras-chave: Aprendizagem. Jogos digitais. Ensino. COVID-19.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

André Victor Rocha Viana, Universidade do Estado de Minas Gerais

Estudante de Licenciatura em Ciências Biológicas/Universidade do Estado de Minas Gerais

 

Diego Alves Simão, Universidade do Estado de Minas Gerais

Estudante de Licenciatura em Ciências Biológicas/Universidade do Estado de Minas Gerais

 

Karen Helen Batista de Souza, Universidade do Estado de Minas Gerais

Estudante de Licenciatura em Ciências Biológicas/Universidade do Estado de Minas Gerais

 

Sabrina Rosa Magalhães Garcia, Universidade do Estado de Minas Gerais

Estudante de Licenciatura em Ciências Biológicas – Bolsista PAEx/Universidade do Estado de Minas Gerias

Marisa Cristina Fonseca Casteluber, Universidade do Estado de Minas Gerais

Professora do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas/Universidade do Estado de Minas Gerais

Silvia Quintão Savergnini, Universidade do Estado de Minas Gerais

Professora do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas/Universidade do Estado de Minas Gerais

Fernanda de Jesus Costa, Universidade do Estado de Minas Gerias

Professora do curso de Licenciatura em Ciências Biológicas/Universidade do Estado de Minas Gerais

Referências

BAHIA, A. B. Games na aula de arte: uma proposta prática baseada na BNCC para o ensino remoto. Tríade: Comunicação, Cultura e Mídia, [S. l.], v. 9, n. 20, p. 95–119, 2021. DOI: 10.22484/2318-5694.2021v9n20p95-119. Disponível em: http://periodicos.uniso.br/ojs3/index.php/triade/article/view/4601. Acesso em: 2 jun. 2021.

COSTA, F. J. C.; SOUZA, H. T. A.; ROCHA, M. L. A necessidade da inserção pedagógica de tecnologias digitais de informação e comunicação em cursos de formação inicial de professores. Revista Tecnologias na Educação, n. 9, v. 19, 2017.

DA SILVA, J. P.; BARROS, J. M. Os jogos didáticos como estratégia de ensino. Ciências em Foco, Campinas, SP, v. 13, p. e020003, 2020. Disponível em: https://econtents.bc.unicamp.br/inpec/index.php/cef/article/view/13793. Acesso em: 2 jun. 2021.

GOMES, N. M. C. et al. As práticas de educação em saúde na estratégia saúdem da família. Gep News. 2019; v.2, n.2, p. 99 -106.

JANN, P. N; LEITE, M. F. JOGO DO DNA: um instrumento pedagógico para o ensino de ciências e biologia. Ciências & Cognição, [S.l.], v. 15, n. 1, p. 282-293, abr. 2010.Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/277112923_JOGO_DO_DNA_um_instrumento_pedagogico _para_o_ensino_de_ciencias_e_biologia. Acesso em: 20 de nov. 2020.

MACEDO, L. Os jogos e sua importância na escola. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, n. 93, p.5-10, maio 1995. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/cp/article/view/843. Aceso em: 25 nov. 2020

MARINHO, S. P. P. Webquest: uso inteligente na escola. Caderno do Professor, n. 7, p. 55-64, 2001. Disponível em: <http://www.pucminas.br/imagedb/mestrado_doutorado/publicacoes/PUA_ARQ_ARQU I20120827100749.pdf>. Acesso em 20 de out. de 2020

MORAES, V. R. A; GUIZZETTI, R. A. Percepções de alunos do terceiro ano do Ensino Médio sobre o corpo humano. Ciênc. educ. (Bauru), Bauru,v.22,n.1,p.253-270, Mar. 2016. Available from<http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S151673132016000100253&lng=en&nrm=i so>. access on 30 Oct. 2020.

MINAYO, M. C. S. O desafio da pesquisa social. In: MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org). Pesquisa Social: Teoria, método e criatividade. 27. ed. Petropolis, RJ: Vozes, 2008. p. 9-30

NASCIMENTO, F. G. M.; BENEDETTI, T. R.; SANTOS, A. R. O uso do jogo Plague Inc: uma possibilidade para o ensino de Ciências em tempos de COVID-19. Braz. J. of Develop.,Curitiba, v.6, n.5, 2020.

OLIVEIRA, H. T. A. S. et al. Metodologias alternativas para o ensino de genética em um curso de licenciatura: um estudo em uma Universidade Pública de Minas Gerais. Revista da Universidade Vale do Rio Verde. Três Corações. v. 15, n. 1, 2017.

PEDRO, J. M. A; MIRANDA, K. M. F; COSTA, F. J. Uso do jogo digital como metodologia alternativa para o ensino de plantas tecedu.pro.br medicinais: um estudo em uma escola estadual de Minas Gerais. Revista Tecnologias na Educação. v. 7, n, 13, 2015.

ROCHA, M L. et al. A utilização de jogos no ensino de genética: uma forma de favorecer os processos de ensino e aprendizagem. Revista TECER, v. 9, n. 17, 2016.

SANCHES, K S; RAMOS, A. O; COSTA, F. J. C. As tecnologias digitais e a necessidade de formação continuada de professores de Ciências e Biologia para tecnologia: um estudo realizado em uma escola de Belo Horizonte. Revista Tecnologias na educação, v.6, n. 11, 2014.

SARINHO, V. et al. Desenvolvendo e Aplicando dinâmicas do jogo digital Body no ensino de Fisiologia Humana para estudantes de uma escola pública. Simpósio Brasileiro de Informática na Educação, In: AnaisdoSBIE,2018. Disponível em:<https://www.br-ie.org/pub/index.php/sbie/article/view/8165/5851>. Acesso em 31 de ou. 2020

TORRISI-STEELE, G. Pedagogical Perspectives on M-Learning.In Mehdi Khosrow- Pour (Ed.) Encyclopedia of Information Science and Technology. Information Science Reference - Imprint of: IGI Publishing. 2009.

VIECHENESKI, J. P; CARLETTO M. C. Por que e para quê ensinar ciências para crianças. Revista Brasileira do Ensino de Ciências e Tecnologia, v. 6, n. 2, 2013.

WU, F. et al. A new coronavirus associated with human respiratory disease in China. Nature, 579, n. 7798, p. 265-269, 2020.

ZHANG, T.; WU, Q.; ZHANG, Z. Probable Pangolin Origin of SARS-CoV-2 Associated with the COVID-19 Outbreak. Current Biology, 30, n. 7, p. 1346-1173, 2020.

ZHU, F. C. et al. Safety, tolerability, and immunogenicity of a recombinant adenovirus type-5 vectored COVID-19 vaccine: a dose-escalation, open-label, non-randomised, first-in-human trial. The Lancet, 395, 1177 n. 10240, p. 1845-1854, 2020.

ZHU, N. et al. A Novel Coronavirus from Patients with Pneumonia in China, 2019. New England Journal of Medicine, 382, n. 8, p. 727-733, 2020.

Publicado

2021-06-29

Como Citar

Viana, A. V. R. ., Simão, D. A. ., Souza, K. H. B. de, Garcia, S. R. M. ., Casteluber, M. C. F., Savergnini, S. Q., & Costa, F. de J. . (2021). Elaboração de um Jogo de Perguntas e Respostas para os Processos e Ensino e Aprendizagem da COVID-19: Avaliação de Professores . EaD Em Foco, 11(2). Recuperado de https://eademfoco.cecierj.edu.br/index.php/Revista/article/view/1354

Most read articles by the same author(s)