Formação de Professores em um Curso On-line sobre Drogas: Contribuições da Redução de Danos Original Article e da Aprendizagem Colaborativa

Autores

Resumo

Considerando as dificuldades dos professores para realizar ações educativas sobre drogas, foi construída e implementada uma formação on-line de 30h sobre educação, drogas e saúde nas escolas, centrada na perspectiva da Redução de Danos. A formação contou com 51 profissionais da rede de ensino, principalmente do Rio de Janeiro. Por meio da abordagem dialógica e fóruns virtuais, o curso privilegiou a aprendizagem colaborativa. A análise do conteúdo dos fóruns, produzidos durante a formação, revelou o potencial dessa forma de aprendizagem na compreensão de conceitos sobre drogas e a troca de experiências entre os cursistas no desenvolvimento de atividades de intervenção sobre o tema. Depreende-se que as estratégias colaborativas podem ser utilizadas nas formações on-line e são adequadas para a construção de espaços de diálogo e aprendizagem entre professores. Desse modo, podem servir de modelo para outras formações na área do ensino e/ou saúde.

Palavras-chave: Aprendizagem colaborativa. Formação de professores. Educação sobre Drogas. Ensino on-line.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco José Figueiredo Coelho, Fundação Oswaldo Cruz

Licenciado em Ciências Biológicas (UERJ), Especialista em Planejamento, Implementação e Gestão da EaD (UFF) e Mestre em Tecnologia Educacional nas Ciências da Saúde (UFRJ). Doutorando em Ensino em Biociências e Saúde pela Fiocruz. Tem experiência como Docente na Educação pública básica (SEEDUC/RJ) e superior (UERJ/FFP), nos cursos de Formação inicial e continuada de Professores. Atualmente desenvolve projetos e ações em EaD, sendo Tutor EaD e Pesquisador em Educação sobre Drogas e Educação a Distância.

Simone Monteiro, Fundação Oswaldo Cruz

LEAS/IOC/Fiocruz

Referências

ACSELRAD, G. Drogas nas escolas... O que fazer? In: LEAL, E.M.; ESCUDERO, R. (Orgs.). Problemas globais, enfrentamentos locais e a universidade pública: O Centro Regional de Referência em Álcool e outras Drogas da UFRJ Macaé e outros Projetos extensionistas. Macaé: Ed. UFRJ, 2017. p.193 – 217.

ADADE, M.; MONTEIRO, S. Educação sobre drogas: uma proposta orientada pela redução de danos. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 40, n. 1, p. 215-230, 2014.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: Saúde. Brasília, DF: MEC/SEF, 1998.

BRASIL. [Lei n. 11.343, 23/08q/2006]. Dispõe sobre o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas. Disponível: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2006/lei/l11343.htm>. Acesso em: 3 de junho de 2020.

CÂMARA, E.J.S.; SILVA, A.R. Aprendizagem colaborativa online: uma experiência e vivência em tutoria na disciplina Promoção da Saúde 3 da Universidade de Brasília. Revista do CEAM, ISSN 1519-6968, Brasília, v. 5, n. 2, ago./dez. 2019.

COELHO, F. J. F. Educação sobre Drogas e Formação de professores: uma proposta de ensino a distância centrada na Redução de Danos. 245f. Tese (Doutorado) – Instituto Oswaldo Cruz, Pós-Graduação em Ensino em Biociências e Saúde. RJ, 2019.

COELHO, F. J. F.; MONTEIRO, S. Educação sobre Drogas: Possibilidades da EaD na Formação Continuada de Professores. EaD em FOCO, v. 7, n. 2, set. 2017. 77.

COSTA, A.; PIMENTEL, M. Sistemas colaborativos para uma nova sociedade e um novo ser humano. In: FUKS, M. (Ed.). Sistemas Colaborativos. Elsevier Ed, 2012. p. 3-15.

DILLENBOURG. P. What do you mean by collaborative learning?. In: P. Dillenbourg. Collaborative learning: Cognitive and Computational Approaches., Oxford: Elsevier, 1999, p.1-19.

EL-HANI, C. N.; GRECA, I. M. Participação em uma comunidade virtual de prática desenhada como meio de diminuir a lacuna pesquisa-prática na educação em biologia. Ciência & Educação, Bauru, v. 17, n. 3, p. 579-60, 2011.

EL-HANI, C. N.; GRECA, I. M. ComPratica: a virtual community of practice for promoting biology teachers’ professional development in Brazil. Research in Science Education, v. 43, n. 4, p. 1.327- 1.359, 2013.

FAVERO, R.; FRANCO, S. Um estudo sobre a permanência e a evasão na Educação a Distância. RENOTE – Revista Novas Tecnologias Na Educação, v.4, n.2, p.1-10, 2006.

FERREIRA, T. C. D. et al. Percepções e atitudes de professores de escolas públicas e privadas perante o tema drogas. Interface Comunic. Saúde Educ., v.14, n.34, p.551-562, jul./set, 2010.

FRANCO, M.L.P.B. Análise de conteúdo. Brasília, 4ª ed.: Liber Livro, 2012, p. 94.

LUZ, M. R. et al. Characterization of the Reasons Why Brazilian Science Teachers Drop Out of Online Professional Development Courses. International Review of Research in Open and Distributed Learning, v.19, n.5, 2018.

MARTINS, N; SALVADOR, D; LUZ, M. R. O mal-estar docente nas discussões sobre ensino nutrição: falas de professoras da educação básica em fóruns virtuais. Trabalho, Educação e Saúde, v. 18, n. 3, 2020.

MONTEIRO, S. et al. Educação, Drogas e Saúde: Uma experiência com educadores de programas sociais (RJ, Brasil). Rio de Janeiro: Fiocruz, 2008. p.80.

MOREIRA, A.; VÓVIO, C. L.; DE MICHELI, D. Prevenção e consumo abusivo de drogas na escola: desafios e possibilidades para a atuação do educador. Educ. Pesqui., v.41, n.1, p. 119-135, jan./mar., 2015.

PIMENTEL, M.; CARVALHO, F. S. P. Aprendizagem online é em rede, colaborativa: para o aluno não ficar estudando sozinho a distância. SBC Horizontes, jun. 2020. Disponível em: <http://horizontes.sbc.org.br/index.php/2020/06/02/aprendizagem-em-rede>. Acesso em: 20 de setembro de 2020.

RIBEIRO, M. M. Drogas e redução de danos: os direitos das pessoas que usam drogas. São Paulo: Editora Saraiva, 2013. P. 147.

SANTOS, J. M.; DECCACHE, P. M. S. O trabalho colaborativo na EaD: ensinando e aprendendo em equipe. In: COELHO, F. J. F.; VELLOSO, A. (Orgs.). Educação a distância: história, personagens e contextos. 1. Ed. Curitiba, CRV: 2014, 132 p.

SUDBRACK, M. F. et al. (Org). A escola em rede para prevenção do uso de drogas no território educativo: Experiência e pesquisa no PRODEQUI/PCL/IP/UnB nos dez anos de formação de educadores de escolas públicas para prevenção do uso de drogas (2004-2014). Campinas: Armazém do Ipê, 2015.

STAHL, G., KOSCHMANN, T., SUTHERS, D. Computer-supported collaborative learning: An historical perspective. In: SAWYER, R. K (Ed.). Cambridge handbook of the learning sciences. Cambridge, UK: Cambridge University Press, 2006, pp. 409-426.

TEIXEIRA, N. F.; ALMEIDA, P. V. Formação de Professores na Educação a Distância e a Prática Reflexiva. Revista EaD em foco, v.5, n.3, p. 1-14, dez, 2015.

Publicado

2021-02-03

Como Citar

Coelho, F. J. F., Monteiro, S., & Da Luz , M. R. M. P. (2021). Formação de Professores em um Curso On-line sobre Drogas: Contribuições da Redução de Danos Original Article e da Aprendizagem Colaborativa. EaD Em Foco, 11(1). Recuperado de https://eademfoco.cecierj.edu.br/index.php/Revista/article/view/1215

Edição

Seção

Artigos Originais