Dinâmica das Relações Interacionais em Fóruns de Discussão em um Curso de Graduação a Distância Representada por Sociogramas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v8i1.741

Resumo

O trabalho analisa a dinâmica das relações entre alunos, professores e tutores em fóruns de interação de um curso de graduação em Ciências Biológicas. Para tanto, o nível de interação foi observado em fóruns de discussão de quatro disciplinas curriculares e representadas por sociogramas elaborados com o software Pajek®. Percebeu-se que o aluno desempenha papel central nas discussões e na construção do processo de ensino aprendizagem e que sua participação nas disciplinas se torna progressivamente mais autônoma como o desenvolvimento temporal do curso. Observou-se ainda que a quantidade de participações nem sempre está diretamente relacionada com a qualidade, já que os alunos que mais postaram comentários nem sempre geraram interações significativas. Logo, é possível inferir que os sociogramas são ferramentas importantes para interpretação dos dados e avaliação de participação de alunos, professores e tutores em fóruns de discussão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Germana Costa Paixão, Universidade Estadual do Ceará

Coordenadora do Curso de Ciências Biológicas EAD/Universidade Estadual do Ceará/Universidade Aberta do Brasil, Vice-Líder do Grupo de Pesquisa Tecnologias Educacionais e Educação a distância.

Racquel Oliveira da Silva Souza, Universidade Estadual do Ceará

Tutora do Curso de Ciências Biológicas EAD/Universidade Estadual do Ceará/Universidade Aberta do Brasil

Fátima Aurilane de Aguiar Lima, Universidade Estadual do Ceará

Tutora do Curso de Ciências Biológicas EAD/Universidade Estadual do Ceará/Universidade Aberta do Brasil

João Paulo Silva Pinheiro, Universidade Estadual do Ceará

Tutor do Curso de Ciências Biológicas EAD/Universidade Estadual do Ceará/Universidade Aberta do Brasil

Lydia Dayanne Maia Pantoja, Universidade Estadual do Ceará

Coordenadora de Pesquisa do Curso de Ciências Biológicas EAD/Universidade Estadual do Ceará/Universidade Aberta do Brasil, Vice-Líder do Grupo de Pesquisa Tecnologias Educacionais e Educação a distância.

Referências

Abegg, I., Bastos, F. P. & Muller, F. M. (2010). Ensino-aprendizagem colaborativo mediado pelo Wiki do Moodle. Educar em Revista, 38(1), 205-218. Disponível em file:///C:/Users/Lydia%20Pantoja/Downloads/13129-73032-1-PB.pdf

Alencar, M. A. S. & Netto, J. F. M. (2011). Improving Cooperation in Virtual Learning Environments Using Multi-Agent Systems and AIML. In: Proceedings 41th Frontiers in Education Conference (FIE). Rapid City, South Dakota, USA, 1, 1713-1719.

Beluce, A. C. & Oliveira, K. L. (2016). Escala de estratégias e motivação para aprendizagem em ambientes virtuais. Rev. Bras. Educ., 21(66), 593-610. 2016. http://dx.doi.org/10.1590/S1413-24782016216631

Carvalho, A. D. S. de, Oliveira, V. I., Guedes, A. C. B. S. & Martins, J. L. (2017). Gestão da Aprendizagem, Proatividade e Autonomia dos Discentes: Novas Práticas. Aturá - Revista Pan-Amazônica de Comunicação, 1(3), 175-188. Disponível em https://sistemas.uft.edu.br/periodicos/index.php/atura/article/view/4096

Cortelazzo, I. B. C. (2010). Prática Pedagógica, Aprendizagem e Avaliação em Educação a Distância. (2th ed.). Curitiba: Ibpex.

Dillenbourg, P. (2003). Virtual Learning Environment. Disponível em http://tecfa.unige.ch/tecfa/publicat/dil-papers-2/Dil.7.5.18.pdf.

Grassi, D. & Silva, J. M. (2010). A mediação pedagógica em fóruns de discussão nos cursos virtuais. Revista Novas Tecnologias na Educação, 8(1), 1-10. Disponível em file:///C:/Users/Lydia%20Pantoja/Downloads/15197-53298-1-PB.pdf

Lima, D., Gadelha, B., Netto, J. F. & Bremgartner, V. (2014). Moodle Groups: Um aplicativo para identificar as relações sociais entre alunos em Ambientes Virtuais de Aprendizagem. In: SBSC 2014 Proceedings-Ongoing Research, Curitiba/PR. 6(9), 142-148.

Noory, W., Mrvar, A. & Batagelj, V. (2005). Exploratory network analysis with Pajek. Cambridge: Cambridge University Press.

Primo, A. (2007). Interação mediada por computador. Porto Alegre: Sulinas.

Santos, P. K. (2015). Permanência na graduação à distância na perspectiva dos estudantes: um estudo a partir da experiência do projeto alfa guia. Porto Alegre, 223 p. Tese de Doutorado em Educação. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul.

Santos, S. do N., Baez, M. P. & Souza, V. L. R. (2018). Gestão da Educação a Distância, Material Didático, Avaliações na AVA de aprendizagem: crenças e verdades?. Revista Multidisciplinar do Amapá, 1(1), 63-80. Disponível em file:///C:/Users/Lydia%20Pantoja/Downloads/187-1256-1-PB.pdf

Silva, M. L. R. (2009). Uma análise da disciplina Interatividade em ambientes informáticos do curso de licenciatura em Física da Universidade Aberta do Brasil. Debates em Educação, 1(2), 1-23. Disponível em http://www.seer.ufal.br/index.php/debateseducacao/article/viewFile/39/47

Slomski, V. G., Araújo, A. M. P., Camargo, A. S. S. & Weffort, E. F. J. (2016). Tecnologias e mediação pedagogica na educação superior a distância. Journal of Information Systems and Technology Management, 13(1), 131-150. Doi http://10.4301/S1807-17752016000100007

Vaz, J. G. (2009). A Construção dos Sociogramas e Teoria dos Grafos. Revista Brasileira de Psicodrama, 17(1), 67-78. Disponível em http://pepsic.bvsalud.org/pdf/psicodrama/v17n2/a06.pdf

Vidal, E. M. & Maia, J. E. B. (2010). Introdução à Educação a Distância. Fortaleza: RDS.

Yin, R. K. (2010). Estudo de caso: planejamento e métodos. Porto Alegre: Bookmann.

Publicado

2018-10-19

Como Citar

Paixão, G. C., Souza, R. O. da S., Lima, F. A. de A., Pinheiro, J. P. S., & Pantoja, L. D. M. (2018). Dinâmica das Relações Interacionais em Fóruns de Discussão em um Curso de Graduação a Distância Representada por Sociogramas. EaD Em Foco, 8(1). https://doi.org/10.18264/eadf.v8i1.741

Edição

Seção

Artigos Originais

Most read articles by the same author(s)