A Arte de Inovar na Educação a Distância

Autores

  • Andréia Marcelino Ernesto Ribeiro Universidade Federal do Rio Grande do Norte
  • Zulmara Carvalho Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v7i3.604

Resumo

Os métodos tradicionais de solução de problemas, caracterizados como intuitivos e sistemáticos, nem sempre conseguem fornecer soluções criativas e inovadoras, elementos fundamentais para um negócio bem-sucedido. O objetivo deste artigo é propor uma reflexão sobre a Teoria da Solução Inventiva de Problemas (TRIZ) e uma aplicação dessa teoria, por meio de consultoria, no design educacional de um programa de Educação a Distância. O artigo está dividido nos seguintes itens: definição da teoria TRIZ, descrição de um estudo de caso que utilizou a TRIZ via aplicabilidade de ferramentas conhecidas como Nine Windows (Nove Janelas) e análise dos resultados obtidos, que geraram um produto com inovação incremental.

 

Palavras-chave: TRIZ, Educação a Distância, Inovação, Criatividade, Nine Windows.

 

The Art of Innovating in Distance Education

 

Abstract

Traditional methods of problem solving, characterized as intuitive and systematic, may not always provide creative and innovative solutions, key elements for a successful business. The aim of this paper is to propose a reflection on the Theory of Inventive Problem Solving (TRIZ) and an application of this theory through a consultancy in educational design of a Distance Education program. The article is divided into the following: definition of TRIZ theory, description of a case study that used the TRIZ through the applicability of tools known as Nine Windows and analysis of the results which generated a product with incremental innovation.


Keywords: TRIZ, Distance education, Innovation, Creativity, Nine Windows.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Andréia Marcelino Ernesto Ribeiro, Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Pedagoga formada pela PUC-Rio, com Especialização e MBA na UFF, nas áreas de Gestão de Recursos Humanos e Planejamento, Implementação e Gestão em Educação a Distância, respectivamente. Atualmente sou mestranda na UFRN no curso de Ciência, Inovação e tecnologia.

Proprietária e Designer Educacional da consultoria Midiar Design Educacional.

Referências

ABED. Associação Brasileira de Educação a Distância. Censo EAD.BR. Relatório Analítico da aprendizagem a distância no Brasil.

Disponível em: http://www.abed.org.br/censoead2014/CensoEAD2014_portugues.pdf.

Altshuller, G. S. (1996). Innovation Algorithm. Worcester: Technical Innovation Center. The Altshuller Institute for TRIZ Studies. Rússia.

Baron, David (2007). Biocomputadores moleculares implantáveis poderão revolucionar a Medicina.

Disponível em: http://www.inovacaotecnologica.com.br/noticias/noticia.phpartigo=010180070524.

Carvalho, Marco Aurélio; Back, Nelson (2001). Uso dos conceitos fundamentais da TRIZ e do método dos princípios inventivos no desenvolvimento de produtos. 3° Congresso Brasileiro de Gestão de Desenvolvimento de Produto. Florianópolis, SC.

Coll, Cesar; Monero, Carles (2010). Psicologia da Educação Virtual. Aprender e Ensinar com as tecnologias da informação e da comunicação. Porto Alegre: Artmed.

Demarque, Eduardo (2005). TRIZ: Teoria para a Resolução de Problemas Inventivos aplicada ao planejamento de processos na indústria automotiva. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo.

Dorow, P. F.; CALLE, G. A. D.; Rados, G. J. V.; Vallejos, R. V. Geração de ideias, ideação e gestão de ideias para inovação: clarificando conceitos. In: KM Brasil, 2014, Florianópolis. Anais KM Brasil, 2014.

Gordon, Cameron (2010). TRIZics: Teach Yourself TRIZ, How to Invent, Innovate and Solve Impossible Technical Problems Systematically. Createspace.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Industrial: inovação tecnológica 2011 (Pintec). Rio de Janeiro.

Melo, José Rinaldo Domingues de (2015). Evidências e reflexões - a inovação na Educação a Distância: o caso brasileiro. III Seminário Nacional de Formação de Professores (Qualis B5). Santa Maria, RS.

Moore, Michael; Kearsley, Greg. Educação a distância: uma visão integrada. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

Neves, Thiago (2016). Canal do Consultor. O tal do brainstorm. Disponível em: http://canaldoconsultor.com.br/tag/brainstorming

Orloff, M. (2012). Modern TRIZ: a practical course with easy triz technology. Berlin: Springer Heidelberg.

Savransky, S. D. (2000). Engineering of creativity: introduction to TRIZ Methodology of Inventive Problem Solving. New York: CRC.

TRIZ Journal e Altshuller Institute.

Disponível em http://https://triz-journal. com/altshuller-institute-formed/.

Unesp. Programa Inovar. Disponível em https://www.youtube.com/user/unespimprensa/videos.

Publicado

2017-12-28

Como Citar

Ribeiro, A. M. E., & Carvalho, Z. (2017). A Arte de Inovar na Educação a Distância. EaD Em Foco, 7(3). https://doi.org/10.18264/eadf.v7i3.604

Edição

Seção

Artigos Originais

Most read articles by the same author(s)