E-mentoring entre Professores e Alunos na EaD: um Estudo de Caso na Graduação em Administração de uma Instituição Pública Federal

  • Marcella Arianna Pinto de Oliveira Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
  • Sílvio Luiz de Paula Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
  • José Ricardo Costa de Mendonça Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
  • Andrezza Marianna Pinto de Oliveira Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
Palavras-chave: Educação, Educação a Distância (EAD), Ensino superior, Mentoria, E-mentoring

Resumo

Busca-se neste trabalho sobre Educação a Distância compreender como se configuram as relações de e-mentoring entre professores e alunos no curso de graduação em Administração a distância oferecido por uma instituição pública federal brasileira. Como arcabouço teórico aborda-se o conceito de mentoria, suas características, funções e fases. Aborda-se ainda e-mentoring e Educação a Distância com suas características e relações. Realizou-se um estudo de caso; as técnicas de coleta foram entrevistas online com professores/alunos, observação não participante e análise documental, estudando-se os dados por meio de análise de conteúdo. Os resultados indicam que as relações de mentoria estabelecidas entre tutores e alunos configuram-se como e-mentoring, já que os tutores são mais acessíveis aos alunos e mantêm uma comunicação mais frequente, tanto por meio de diversas ferramentas de comunicação quanto por meio de encontros presenciais, além de fornecer apoio profissional e pessoal aos alunos. Já a relação estabelecida entre professores e alunos se configura como um outro tipo de relação, que não é de mentoria, pois as características não se enquadram nos conceitos desse construto.


Palavras-chave: Educação, Educação a Distância (EAD), Ensino superior, Mentoria, E-mentoring.

 


E-mentoring among Professors and Students on E-learning: This Case Study is about a Degree Course of Business Administration at Public Institution

Abstract
In this research about e-learning, we try to understand how the e-mentoring relationship among Tutors and Students works in a Business Administration course offered at distance by a public Brazilian institution. As theoretical approaches, it is observed the concept of mentoring, its features, functions and phases. It also covers e-mentoring and distance education with its characteristics and relationships. A case study was made, the data collection techniques were an online interview with tutors/students, non-participative observation and documental analysis on content analysis theory. The results demonstrate that the mentoring relationship between Tutors and Students can be defined as e-mentoring: they are accessible to the students and keep intense communication on face-to-face meetings and also by the online tools provided on the course platform. On the other hand, the relationship established by Tutors and Students cannot be defined by e-mentoring due to lack of connections on the e-learning concepts.


Keywords: Education, E-learning, Graduation degree, Mentoring, E-mentoring.

Biografia do Autor

Marcella Arianna Pinto de Oliveira, Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
Mestre em Administração pelo Programa de Pós Graduação em Adminsitração/PROPAD
Sílvio Luiz de Paula, Universidade Federal de Pernambuco - UFPE
Autor de livro, possui mestrado e graduação em administração pela Universidade Federal de Pernambuco-UFPE. Atualmente é professor de Gestão da Informação no Departamento de Ciência da Informação na Universidade Federal de Pernambuco-UFPE. Tem experiência na área de administração, com ênfase em gestão de pessoas, comunicação organizacional, responsabilidade social, comportamento organizacional e mediação da informação.
José Ricardo Costa de Mendonça, Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
Pós doutor em sociologia, professor do Programa de Pós Graduação em Administração/PROPAD-UFPE
Andrezza Marianna Pinto de Oliveira, Universidade Federal de Pernambuco-UFPE
Doutoranda em administração pelo Programa de Pós Graduação em Administração-PROPAD/UFPE

Referências

Allen, Tammy D. (2007). Mentoring relationships from the perspective of the mentor. In: Ragins, Belle Rose & Kram, Kathy (Eds.). The Handbook of mentoring at work: theory, research and practice (pp. 123-147). Thousand Oaks: Sage.

Almeida, M. E. B. (2003). Educação a distância na internet: abordagens e contribuições dos ambientes digitais de aprendizagem. Educação e Pesquisa, 29(2), 327-340.

Anastasiou, L. G. C. & Alves, L. P. (Orgs.). (2003). Ensinar, aprender, apreender e processos de ensinagem. In: Processo de ensinagem na universidade: pressupostos para as estratégias de trabalho em aula. 9. ed. Joinville: Univille.

Bardin, L. (2012). Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70.

Benfatti, Eliana & Stano, Rita. (2009). A professoralidade de uma tutoria em EaD Virtual. Manaus: Edutec.

Chao, G. T., Walz P. M. & Gardner, P. D. (1992). Formal and informal mentorships: a comparison on mentoring functions and contrast with nonmentored counterparts. Personnel Psychology, 45(1), 619-636.

Dawson, G. S. (2007). Involved or committed? Similarities and differences in advising and mentoring in the academic and business world. Communications of the Association for Information Systems, 20(1), 3-10.

Ensher, E. A., Heun, C. & Blanchard, A. (2003). Online mentoring and computer-mediated communication: new directions in research. Journal of Vocation Behavior, 63(1), 264-288.

Ensher, E. A. & Murphy, S. E. (2007). E-mentoring: next generation research strategies and suggestions. In: Ragins, B. R. & Kram K. (Eds.). The handbook of mentoring at work: theory, research and practice. Thousand Oaks: Sage.

Gil, Antonio Carlos (2009). Didática do Ensino Superior. São Paulo: Atlas.

Godoy, Arilda Schmidt (2006). O estudo de caso qualitativo. In: Godoi, C. K., Bandeira-de-Melo, R. & Silva, A. B. Pesquisa qualitativa em estudos organizacionais: paradigmas, estratégias e métodos (pp. 115-146). São Paulo: Saraiva.

Homitz, Daniel James & Berge, Zane L. (2008). Using e-mentoring to sustain distance training and education. The Learning Organization of Emerald Group Publishing Limited USA, 15(1), 326-335.

Knouse, Stephen B. (2001). Virtual mentors: mentoring on the internet. Journal of employment couseling, 38(1), 162-169.

Kram, K. E. (1985). Mentoring at work: development relationships in organizational life. Lanham: University Press of America.

Kram, K. E. (1983). Phases of mentor relationship. Academy of Management Journal, 26(1), 608-665.

Merriam, S. B. (2002). Qualitative research in practice: examples for discussion and analysis. San Francisco: Jossey-Bass.

Minayo, M. C. S. (1998). O desafio do conhecimento. 5. ed. São Paulo: Hucitec Editora.

Moore, Michael G. & Kearsley, Greg. (2010). Educação a distância: uma visão integrada. São Paulo: Cengage Learning.

Moran, J. M. (2002). Contribuições para uma pedagogia da educação on-line. In: Silva, Marco. Educação online: teorias, práticas, legislação, formação corporativa. São Paulo: Loyola.

Nunes, Ivânio Barros (2015). A história da EAD no mundo. In: Litto, Frederic Michael & Formiga, Marcos (eds.). Educação a distância: o estado da arte (pp. 02-08). São Paulo: Pearson.

Ragins, B. R & Kram, K. (2007). The roots meaning of mentoring. In: Ragins, B. R. & Kram K. (Eds.). The handbook of mentoring at work: theory, research and practice. Thousand Oaks: Sage.

Richardson, Roberto J. (2012). Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas.

Shea, G. F. (2001). Mentoring: como desenvolver o comportamento bem-sucedido do mentor. Rio de Janeiro: Qualitymark.

Single, Peg & Muller, Carol (2001). Electronic mentoring: issues to advance research and practice. Annals of Procedings of the Anual Meeting of the International Mentoring Association, 12(1) 234-250.

Single, P. B. & Single, R. M. (2011). Mentoring and the technology revolution: how face-to-face mentoring sets the stage for e-mentoring. In: Kochan, F. K. & Pascarelli, J. T. Creating successful telementoring programs Greenwich (pp. 7-27). Information Age Press.

Smith-Jentch, Kimberly, Scielzo, Shannon, Yarbrough, Charlyl & Rosopa, Patrick. (2008). A comparison of face-to-face and electronic peer-mentoring: Interactions with mentor gender. Journal of Vocational Behavior, 15(2), 193?206.

Thompsona, Lynne, Jeffries, Mike & Topping, Keith (2010). E-mentoring for e-learning development. Innovations in Education and Teaching International, 47(3), 305?315.

Turban, Daniel B. & Lee, Felissa K. (2013). The role of personality in mentoring relationships. In: Ragins, Belle Rose & Kram, Kathy E. The handbook of mentoring at work: theory, research and practice (pp. 21?50). Thousand Oaks: Sage.

Vergara, S. C. (2007). Estreitando relacionamentos na educação a distância. Cadernos EBAPE.BR, v. 5, ed. especial, p. 1-8, jan.

Whiting, Vicki & Janasz, Suzanne (2004). Mentoring in the 21st century: using the internet to build skills and networks. Journal of Management Education, 28(3), 275-293.

Zey, M. G. (1991). The mentor connection: strategy and alliances in corporate life. Transaction Publishers: New Brunswick.

Publicado
2016-12-27
Seção
Estudos de Caso