A Ótica de Futuros Professores de Matemática no Contexto da Educação a Distância sobre Modelagem Matemática

Autores

Resumo

O texto evidencia compreensões sobre a Modelagem manifestadas por futuros professores de Matemática. A pesquisa se sustentou na seguinte interrogação: “O que expressam futuros professores de Matemática sobre a Modelagem, após uma experiência vivida com ela na EaD?”. Foi desenvolvida uma experiência com futuros professores um curso de Licenciatura em Matemática e, metodologicamente, esse estudo de natureza qualitativa, descritivo e reflexivo, nos convida a refletir sobre compreensões sobre Modelagem favorecidas pela prática com ela, na Educação a Distância (EaD). Como alguns dos resultados, evidenciou-se que a dinâmica de formação com Modelagem foi considerada imersiva, contribuindo para a elaboração de saberes didático-profissionais. As reflexões “na prática” sobre “o que é” e “como” fazer Modelagem, além de revelar sobre a dinâmica se articula às compreensões manifestadas sobre (prática com) Modelagem, quando emergiram compreensões de natureza epistemológica e pedagógica. Em linhas gerais, a pesquisa indicou não apenas ações para o desenvolvimento de práticas com Modelagem na EaD, como também configuram objeto de reflexão sobre as experiências que ocorrem nesse contexto, apontando a prática com Modelagem distinta das experiências vividas. Essa emergência sugere mudanças de paradigmas sobre a prática na EaD, intencionando mudanças nas concepções dos formandos sobre o que é ensinar e aprender Matemática.

Palavras-chave: Educação matemática. Ensino de matemática. Formação docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wellington Oliveira, Universidade Cesumar

Doutor em Educação para a Ciência e a Matemática, Universidade Estadual de Maringá (UEM). Docente no curso de Licenciatura em Matemática no Núcleo de Educação a Distância (NEAD), Universidade Cesumar (UNICESUMAR). 

Referências

ALMEIDA, L.s W.; SILVA, K. P.; VERTUAN, R. E. Modelagem Matemática na Educação Básica. São Paulo: Contexto, 2012.

BARBOSA, J. C. Modelagem matemática e os professores: a questão da formação. Bolema: Boletim de Educação matemática, Rio Claro, v. 14, n. 15, p. 5-23, 2001.

BARBOSA, J. C. Modelagem Matemática: O que é? Por que? Como? Veritati, n. 4, 2004, p. 73-80.

BATISTA, J. de O.; MOCROSKY,L. F.; MONDINI, F. Modos de Ser na/da Educação a Distância. EaD em Foco, v. 10, e901, 2020.

BRAZ, B. C. Aprendizagens sobre Modelagem Matemática em uma Comunidade de Prática de futuros professores de Matemática. 2017. 253 f. Tese (Doutorado em Educação para a Ciência e a Matemática) – Centro de Ciências Exatas, Universidade Estadual de Maringá – UEM, Maringá, 2017.

CERVO, A. L.; BERVIAN, P. A. Metodologia científica. São Paulo: Makron Books, 1996.

DENZIN, N.; LINCOLN, Y. A disciplina e a prática da pesquisa qualitativa. In:______. O planejamento da pesquisa qualitativa: teorias e abordagens. Porto Alegre: Artmed, 2006, p.15-41.

KLÜBER, T. E. Uma metacompreensão da Modelagem Matemática na Educação Matemática. 2012. Tese (Doutorado em Educação Científica e Tecnológica) – Centro de Ciências Físicas e Matemática, Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC, Florianópolis, 2012.

MALHEIROS, A. P. dos S. Modelagem em Aulas de Matemática: reflexos da formação

inicial na Educação Básica. Perspectivas da Educação Matemática, Campo Grande, v. 9, n. 21, 2016.

MUTTI, G. de S. L.; KLÜBER, T. E. Aspectos que constituem práticas pedagógicas e a formação de professores em Modelagem Matemática. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, v. 11, n. 2, p. 85-107, 2018.

OLIVEIRA, W. P. Modelagem Matemática nas licenciaturas em Matemática das universidades estaduais do Paraná. 2016. 155 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação, Centro de Educação, Comunicação e Artes, Universidade Estadual do Oeste do Paraná – UNIOESTE, Cascavel, PR, 2016.

OLIVEIRA, W. P. Modelagem Matemática no Estágio Pedagógico: uma investigação fenomenológica. 2020. 504 f. (Doutorado em Educação para a Ciência e a Matemática) –Universidade Estadual de Maringá, Centro de Ciências Exatas, Programa de Pós-Graduação em Educação para a Ciência e a Matemática,Maringá, 2020.

SANTOS, L. R. dos S. et al. O Ensino Remoto Emergencial na Perspectiva da Metacognição: Análise da Percepção de Alunos de um Curso Técnico em Enfermagem. EaD em Foco, v. 11, n. 2, e1260, 2021.

SILVEIRA, E. Modelagem Matemática em Educação no Brasil: entendendo o Universo de Teses e Dissertações. 2007. 197 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2007.

Publicado

2021-10-19

Como Citar

Oliveira, W. (2021). A Ótica de Futuros Professores de Matemática no Contexto da Educação a Distância sobre Modelagem Matemática. EaD Em Foco, 11(1). Recuperado de https://eademfoco.cecierj.edu.br/index.php/Revista/article/view/1539

Edição

Seção

Artigos Originais