Percepções de Qualidade dos Alunos de Aulas Remotas de Pós-graduação: o Estudo em uma IES do Estado do Pará

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v10i3.1061

Resumo

Compreender as percepções de qualidade das aulas remotas dos alunos de pós-graduação de uma Instituição de Ensino Superior (IES) de Belém é o objetivo central desta pesquisa. A IES precisou se adequar rapidamente ao modelo de ensino-aprendizado remoto, mediante às recomendações de isolamento social do Governo do Estado do Pará, provocadas pela pandemia do COVID-19. O tipo de pesquisa é qualitativa, descritiva e estudo de caso. Na primeira fase da metodologia, 29 estudantes de pós-graduação responderam um formulário via Google Forms, descrevendo a satisfação com a qualidade do ensino-aprendizado. Na segunda fase, foram entrevistados quatro estudantes de pós-graduação para posterior análise do discurso (AD), buscando compreender as percepções e sentimentos com o aprendizado remoto. Dentre os resultados, 52% dos alunos ficaram muito satisfeitos com os conhecimentos oferecidos para o desenvolvimento profissional, porém, 12% ficaram insatisfeitos com a inovação nas aulas, o uso de tecnologias e dinâmicas. A AD revelou que é possível construir o dinamismo, socialização, utilizando diversas tecnologias, no ritmo de cada aluno, por meio do aprendizado remoto.

Palavras-chave: COVID-19. Conectivismo. Análise do Discurso. Pós-graduação. Aprendizado Remoto.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AIRES, L. E-Learning, Educação Online e Educação Aberta: Contributos para uma reflexão teórica. Revista Iberoamericana de Educación a Distancia, v. 19, n. 1, p. 253 – 269, 2016. Disponível em: http://revistas.uned.es/index.php/ried/article/view/14356. Acesso em 25 jul. 2020.

ALLY, M. Foundations of educational theory for online learning. In: The Theory and Pratice of Online Learning. 2 ed. p. 15 – 44. Athabasca, Alberta: Athabasta University Press. January 9, 2009.

ARAÚJO, L. et al. A formação profissional em Serviço Social: apontamentos sobre a qualidade do ensino à distância. Crítica Educativa, v. 3, n. 3, p. 278 – 291, dez. 2017. Disponível em: https://www.criticaeducativa.ufscar.br/index.php/criticaeducativa/article/view/255. Acesso em 26 jul, 2020.

BAUM, W. M. Compreender o Behaviorismo: ciência, comportamento e cultura. 2 ed. Porto Alegre: Editora Artmed, 2006.

BOCK, A. M. B.; TEIXEIRA, M. L.T.; FURTADO, O. Psicologias: uma introdução ao estudo da psicologia. 15 ed. São Paulo: Saraiva Educação, 2018.

BRITO, G. S. PURIFICAÇÃO, I. Educação e novas tecnologias: um repensar. 2 ed. Curitiba: Editora Intersaberes, 2015.

VASCONCELOS, C.; PRAIA, J. F.; ALMEIDA, L. S. Teorias de aprendizagem e o ensino/aprendizagem das ciências: da introdução à aprendizagem. Psicologia Escolar e Educacional, v. 7, n. 1, p. 11 – 19, 2003. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-85572003000100002&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em 27 jul. 2020.

COELHO, K. S. et. al. O processo de inserção do ambiente virtual de aprendizagem e da experimentação remota no Ensino de Física do Ensino Médio. Simpósio Íbero-Americano de Tecnologias Educacionais, v. 21, n. 21, out. 2017. Disponível em: http://tecedu.pro.br/wp-content/uploads/2017/10/Art5-vol.21-Edi%C3%A7%C3%A3o-Tem%C3%A1tica-V-Outubro-2017.pdf. Acesso em 27 jul. 2020.

COELHO, M. A.; DUTRA, L. R. Behaviorismo, cognitivismo e construtivismo: confronto entre teorias remotas com a teoria conectivista. Caderno de Educação, n. 49, v. 1, p. 51 – 76, 2018. Disponível em: http://revista.uemg.br/index.php/cadernodeeducacao/article/view/2791. Acesso em 28 jul. 2020.

Covid-19: Prefeito anuncia suspensão de comércio em Belém durante pandemia. UOL. São Paulo, 27 de abril de 2020. Disponível em: <https://noticias.uol.com.br/saude/ultimas-noticias/redacao/2020/04/27/covid-19-prefeito-anuncia-suspensao-de-comercio-em-belem-durante-pandemia.htm>. Acesso em 05 mai. 2020.

DOOLEY, R. A. LEVINSOHN, S. H. Análise do discurso: conceitos básicos em linguística. Petrópolis: Editora Vozes, 2018.

FILATRO, A. Design instrucional contextualizado: educação e tecnologia. São Paulo: Editora SENAC, São Paulo, 2004.

FREITAS, R. F. et al. Um novo percurso de trabalho: percepção do aluno dos cursos de graduação Ead UNIMONTES sobre a aplicação da uma nova metodologia de ensino com aulas ao vivo. Revista Científica de Educação à Distância, v. 11, n. 19, 2019. Disponível em: https://periodicos.unimesvirtual.com.br/index.php/paideia/article/view/931 Acesso em 28 jul. 2020.

LIRA, M. Pará registra primeiros pacientes internados com a Covid-19 e reafirma necessidade das medidas de isolamento. Secretaria de Saúde Pública - Pará. Belém, 2 de abril de 2020. Disponível em: <http://www.saude.pa.gov.br/2020/04/02/para-registra-primeiros-pacientes-internados-com-a-covid-19-e-reafirma-necessidade-das-medidas-de-isolamento/>. Acesso em 05 mai. 2020.

MORAN, J. M. Os novos espaços de atuação do professor com as tecnologias. Revista Diálogo Educacional, v. 4, n. 12, ago. 2004. Disponível em: http://www.pucrs.br/ciencias/viali/tic_literatura/artigos/189117821002.pdf. Acesso em 28 jul. 2020.

MOREIRA, M. A. A Teoria da Aprendizagem Significativa: e sua implementação em sala de aula. Brasília: Editora UnB, 2006.

PRAIA, J.; CACHAPUZ, A.; GIL-PÉREZ, D. A hipótese e a experiência científica em educação em ciência: contributos para uma reorientação epistemológica. Ciência & Educação, v. 8, n. 2, p. 253 – 262, 2002. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ciedu/v8n2/09.pdf. Acesso em 28 jul. 2020.

ROLLEMBERG, A. T. V. M. Entrevistas de pesquisa: oportunidades de coconstrução de significados. In: BASTOS, Liliana Cabral. SANTOS, William Soares dos. A entrevista na pesquisa qualitativa. Rio de Janeiro: Faperj, 2013, p. 37 – 46.

SIEMENS, G. Connectivism: a Learning Theory for the Digital Age. Elearnspace, december, 2004. Disponível em: https://www.academia.edu/2857237/Connectivism_a_learning_theory_for_the_digital_age Acesso em 03 mai. 2020.

SIMÃO, J. P. S.; CARVALHO, T. J.; ROCHADEL, W. Experimentação Remota e a Construção do Conhecimento no Processo de Aprendizagem. Engenharia da Computação – Teoria Geral de Sistemas. Dissertação (Modelagem Computacional de Sistemas) – Programa de Pós-graduação Modelagem Computacional de Sistemas, Universidade Federal de Santa Catarina, Araranguá, 2013.

TEIXEIRA, E. B. A análise dos dados na pesquisa científica: importâncias e desafios em estudos organizacionais. Desenvolvimento em Questão, v. 1, n. 2, dez. 2003, p.177 - 201. Disponível em: https://www.revistas.unijui.edu.br/index.php/desenvolvimentoemquestao/article/view/84. Acesso em 28 jul. 2020.

Publicado

2020-08-17

Como Citar

Sousa, M. de J. (2020). Percepções de Qualidade dos Alunos de Aulas Remotas de Pós-graduação: o Estudo em uma IES do Estado do Pará. EaD Em Foco, 10(3). https://doi.org/10.18264/eadf.v10i3.1061