Expectativas dos Acadêmicos Iniciantes do Curso de Licenciatura em Pedagogia na Modalidade a Distância

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v10i1.879

Resumo

O presente artigo é fruto de uma investigação realizada com acadêmicos iniciantes do curso de Licenciatura em Pedagogia na modalidade a distância, com o objetivo de apontar as expectativas dos estudantes em relação a sua formação. O levantamento de dados foi realizado por meio de questionamentos enviados aos acadêmicos  através de um formulário on line. Tendo como aporte metodológico a Análise de Conteúdo, foi possível eleger três categorias emergentes para análise das respostas dos estudantes, tais como: Formação inicial para a docência; Formação para a Gestão Educacional; Formação para aprimorar conhecimentos e práticas pedagógicas. Como análises e reflexões destacam-se as expectativas para a inserção na carreira do magistério e para a ampliação de conhecimentos, além disso, foi possível ressaltar a importância do acompanhamento dos acadêmicos, por parte dos tutores, oferecendo encontros formativos e grupos de estudos a fim de promover a expansão na compreensão do seu curso e da formação na qual estão inseridos.

Palavras-chave: Formação inicial. Educação a distância. Formação docente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Graziela Ferreira de Souza, Universidade Tecnológica Federal do Paraná

Doutoranda e  Mestre em Ensino de Ciência e Tecnologia pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Professora do Departamento de Pedagogia da Universidade Estadual de Ponta Grossa. Tutora presencial do Curso de Licenciatura em Pedagogia pelo sistema UEPG/CAPES/UAB.

Victória Mottim Gaio, Universidade Estadual de Ponta Grossa

Doutoranda e  Mestre em Educação pela Universidade Estadual de Ponta Grossa. Tutora presencial do Curso de Licenciatura em Pedagogia da Universidade Estadual de Ponta Grossa pelo sistema CAPES/UAB.

Referências

ALMEIDA FILHO, C. C. P. O avanço da educação a distância no Brasil e a quebra de preconceitos: uma questão de adaptação. Revista Multitexto, v. 3, n. 01, 2015, p. 14-20.

ALMEIDA, M. E. B. Formação de professores a distância: avaliação e perspectivas. In: 37ª Reunião Nacional da ANPEd, 2015, Florianópolis: UFSC, 2015.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70, 2016.

BRASIL. Ministério de Educação e Cultura. LDB - Lei nº 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília : MEC, 1996

CORREIA, M. L. A formação inicial do professor: os desafios e tensões que a prática pedagógica impõe. ANALECTA. Guarapuava, v.9, n.2, p.11-20, jul/dez 2008.

COSTA, M. L. F.; KNUPPEL, M. A. C. As representações sociais do trabalho do tutor presencial: limites e possibilidades. Educar em Revista, n. 4, p. 191-209, 2014.

IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 9 ed. São Paulo: Cortez, 2011.

LEMOS, S. S.; PASQUETTO, R. G. Funções dos Tutores Presenciais na Educação a Distância. EaD em Foco, 2019; 9(1): e690.

LIBÂNEO, J. C. Pedagogia e pedagogos, para quê? 12 ed. São Paulo: Cortez, 2010.

MELLO, G. N. Formação inicial de professores para a educação básica uma (re)visão radical. Perspectiva, São Paulo, n.14, 98- 110, 2000.

MIZUKAMI, M. G. N., et al. Escola e aprendizagem da docência: processos de investigação e formação. São Carlos: EdUFSCar, 2002.

PIMENTA, S. G. Saberes pedagógicos e atividade docente. Cortez, 2009.

ROMANOWSKI, J. P. Formação e profissionalização docente. 3. ed. Curitiba: Ibpex, 2007.

TOZETTO, S. S. Formação inicial de professores: implicações e desafios para a constituição dos saberes. In: ___; LAROCCA, P. (orgs). Desafios da formação de professores: saberes, políticas e trabalho docente. Curitiba: CRV, 2014. p.17-32.

TOZETTO, S. S.; KAILER, P. Formação inicial do coordenador pedagógico: análises e reflexões dos saberes profissionais. Cadernos de Pesquisa, v. 23, p. 67-80, 2016.

VAILLANT, D.; MARCELO, C. Ensinando a ensinar: as quatro etapas de uma aprendizagem. Curitiba: Ed. UTFPR, 2012.

VEIGA, I. P. A. A aventura de formar professores. Campinas: Papyrus, 2009.

ZEICHNER, K. Novos caminhos para o practicum: uma perspectiva para os anos 90. In: NÓVOA, A. (Coord.). Os professores e sua formação. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1992.

Publicado

2020-05-28

Como Citar

Souza, G. F. de, & Gaio, V. M. (2020). Expectativas dos Acadêmicos Iniciantes do Curso de Licenciatura em Pedagogia na Modalidade a Distância. EaD Em Foco, 10(1). https://doi.org/10.18264/eadf.v10i1.879

Edição

Seção

Artigos Originais

Most read articles by the same author(s)