Funções dos Tutores Presenciais na Educação a Distância

  • Suyane de Souza Lemos Famerp
  • Rodrigo Giliardi Pasquetto UFSCar

Resumo

O estudo apresenta uma investigação do papel do tutor presencial como elemento importante no processo de ensino-aprendizagem. O tutor precisa ter sua função, sua prática, seu papel compreendido e estudado. Realizou-se uma revisão da literatura sobre o tutor presencial no contexto de educação a distância buscando responder à seguinte questão norteadora: quais as principais funções do tutor presencial no processo de ensino-aprendizagem? O estudo revelou reflexões acerca das principais funções, que são favorecer a habilidade de trabalhar em grupo, promover a cooperação entre os alunos e estimular a interação entre os grupos, com o objetivo de incentivar os alunos a enfrentar as dificuldades presentes nessa modalidade de ensino, além de acompanhamento, orientação da aprendizagem e supervisão do processo de avaliação.

Palavras-chave: Tutoria presencial. Educação a distância. Aprendizagem.

Referências

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BARION, Eliana Cristina Nogueira; MARQUES, Maria Auxiliadora de Resende Braga. Docência e tutoria: diálogos e tensões. Teoria e Prática da Educação, 2014.

BICALHO, Rute Nogueira de Morais; OLIVEIRA, Maria Cláudia Santos Lopes de. O processo dialógico de construção do conhecimento em fóruns de discussão. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, v. 16(41), p. 469-484, 2012.

BRASIL. Decreto nº 9.057, de 25 de maio de 2017. Regulamenta o Art. 80 da Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2017/decreto/D9057.htm. Acesso em 4 fev. 2017.

BRASIL. Sistema de Informações da Universidade Aberta do Brasil (Sisuab). Brasília: Capes, 2015.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, 1996. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/SEED/arquivos/pdf/tvescola/leis/lein9394.pdf. Acesso em: 12 jun. 2017.

CASTRO, José Marcio de; LADEIRA, Eduardo da Silva. Gestão e planejamento de cursos a distância (EAD) no Brasil: um estudo de casos múltiplos em três instituições de ensino superior. Revista de Gestão e Planejamento, Salvador, v. 10(2), p. 229-247, 2015.

COSTA, Maria Luisa Furlan; KNUPPEL, Maria Aparecida Crissi. As representações sociais do trabalho do tutor presencial: limites e possibilidades. Educar em Revista, (spe 4), p. 191-209, 2014.

FARIA, A. A.; LOPES, L. F. O que e o quem da EaD: história e fundamentos. Curitiba: InterSaberes, 2013.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6ª ed. São Paulo: Atlas, 2008.

HACKMAYER, Michelle Brust; BOHADANA, Estrella. Professor ou tutor: uma linha tênue na docência em EAD. RIED - Revista Iberoamericana de Educación a Distancia, v. 17(2), 2014.

MACHADO, D. P.; MORAES, M. G. S. Educação a distância: fundamentos, tecnologias, estrutura e processo de ensino e aprendizagem. Curitiba: E??rica, 2015.

MINAYO, M. C. de; SANCHES, O. Quantitativo-qualitativo: oposição ou complementaridade? Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, v. 9(3), p. 239-262, 1993.

MORAN, José. Educação a distância no Brasil. 2015. Disponível em: http://www.escolanet.com.br/sala_leitura/txt_integral.html. Acesso em 17 mar. 2017.

NUNES, V. B. O papel do tutor na educação a distância: o estado da arte. Anais do ESUD 2013: X Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância, Belém/PA, 2013. Unirede. Disponível em: http://www.aedi.ufpa.br/esud/trabalhos/oral/AT2/114143.pdf. Acesso em: 17 ago. 2017.

RIBEIRO, R. A. Introdução à EAD. São Paulo: Pearson Education do Brasil, 2014.

RICHARDSON, Roberto Jarry. Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas, 1989.

SALVADOR, Pétala Tuani Candido de Oliveira; BEZERRIL, Manacés dos Santos; MARIZ, Camila Maria Santos; FERNANDES, Maria Isabel Domingues; MARTINS, José Carlos Amado; SANTOS, Viviane Euzébia Pereira. Objeto e ambiente virtual de aprendizagem: análise de conceito. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 70(3), p. 572-579, 2017.

SANTO, E. E.; CARDOSO, A. L.; SANTOS, A. G. Reflecting about the presential tutor role in distance education: a case study in an Associated Center. 9th International Technology, Education and Development Conference. Madrid, 2015. INTED2015 Proceedings. Madrid: INTED. 7280-7. Disponível em: https://library.iated.org/view/ESPIRITOSANTO2015REF. Acesso em: 29 maio 2017.

SANTO, Eniel do Espírito et al. Mediação pedagógica da tutoria presencial no Ensino Superior a Distância: um estudo de caso em um polo de EaD. 2016. 12º Simpósio Internacional de Educação a Distância (Sead). UFSCar, São Carlos, 2016.

SANTO, E. E. et al. (2016). Mediação pedagógica na Educação a Distância: um mosaico de ideias na perspectiva da formação do tutor presencial. TIC e EaD em Foco, São Luiz, v. 2(1), p. 7-19.

SILVA, Geane de Jesus; MACIEL, Diva Albuquerque. A presença docente do professor-tutor online como suporte à autonomia do estudante. Psicologia da Educação, v. 38, p. 35-48, 2014.

SILVA, Leandro Saggiomo da et al. Formação continuada em Educação a Distância: percepções sobre a competência na atuação do professor tutor. 14 p. Em Rede: Revista de Educação a Distância, Porto Alegre, v. 3(2), p. 14, 2016. Disponível em: https://www.aunirede.org.br/revista/index.php/emrede/article/view/122/141. Acesso em: 20 jun. 2017.

SOEK, A. M., GOMES, D. L. As relações de ensino-aprendizagem na Educação a Distância e o trabalho do tutor como mediador do conhecimento. Revista Intersaberes, v. 3(6), p. 166-177, 2012.

SOUZA, S.; FRANCO, V. S.; COSTA, M. L. F. Educação a distância na ótica discente. Educação e Pesquisa, São Paulo, v. 42(1), p. 99-113, 2016. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/ep/v42n1/1517-9702-ep-42-1-0099.pdf. Acesso em: 26 maio 2017.

TRAVESSOS, X. L.; SANTO, E. E.; CARIBÉ, S. O. Análise do nível de implantação do processo de autoavaliação nas faculdades privadas de Salvador, Bahia. Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior, Campinas, v. 21(1), p. 153-172, 2016. Disponível em: http://dx.doi.org/10.1590/s1414-40772016000100008. Acesso em: 28 maio 2017.

WHITTEMORE, R; KNAFL, K. The integrative rewiew: updated methodology. J Adv Nurs, v. 52(5), p. 546-553, 2005.

Publicado
2019-03-08
Como Citar
Lemos, S. de S., & Pasquetto, R. G. (2019). Funções dos Tutores Presenciais na Educação a Distância. EAD EM FOCO, 9(1). https://doi.org/10.18264/eadf.v9i1.690
Seção
Estudos de Caso