Promoção do Pensamento Crítico em Alunos Universitários: o Uso do Fórum de Discussão no Ensino a Distância

Autores

  • Fábio Luiz da Silva Unopar
  • Fabiane Tais Muzardo Unopar
  • Juliana Chueire Lyra Unopar

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v7i2.554

Resumo

O desenvolvimento do pensamento crítico é um dos objetivos do ensino, tanto no presencial quanto na modalidade a distância (EaD). No ensino a distância, o contato face a face entre professor e aluno é substituído pela interação por meio de ferramentas virtuais de aprendizagem, com destaque para os fóruns de discussão on-line. Esta pesquisa buscou refletir sobre a possibilidade de os fóruns desenvolverem o pensamento crítico dos alunos. Para isso realizou-se um estudo de caso com 28 alunos que cursavam licenciatura na modalidade a distância. Os participantes foram divididos em grupo de controle e grupo experimental; este foi submetido a intervenções no fórum baseadas na Taxionomia de Bloom revisada. O desempenho dos alunos foi analisado por meio da aplicação de pré-teste e pós-teste. Os resultados obtidos indicam que, no caso estudado, não houve diferença significativa entre os dois grupos. Apesar disso, acreditamos que o fórum pode colaborar para o desenvolvimento do pensamento crítico caso faça parte de uma remodelagem dos ciclos de formação dos cursos.


Palavras-chave: Pensamento crítico, Fórum de discussão on-line, Taxionomia de Bloom.


Development of Critical Thinking in College Students: the Usage of On-line Discussion Forums


Abstract

 

The development of critical thinking is one of the objectives of education, as much on classroom education as in distance education (Ead). In distance education, the face to face contact between professor and student is replaced byvirtual tools for learning, with emphasis on the online discussion forums. This research seeks to reflect about the possibility that the forums develop the students critical thinking skills. For that, a case study was carried out with 28 students who attended to licentiate degree classes on the distance education mode. The participants were divided in Control Group and Study Group, being the latter one submitted to interventions on the forum based on revised Blooms taxonomy. The students performance was analyzed by means of usage of pre-test and post-test. The results obtained indicate that, in the case studied, there wasnt any substantial difference between the two groups.Despite this, we believe that the forum can contribute to the development of critical thinking if it is part of a reshaping of the course cycles.


Keywords: Critical thinking, Online discussion forums, Blooms taxonomy.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fábio Luiz da Silva, Unopar

Doutor em História. Professor do Programa de Mestrado em Metodologias para o Ensino de Linguagens e suas Tecnologias. Professor do Colégio de Aplicação Pedagógica da Universidade Estadual de Londrina. Bolsista Funadesp.

Fabiane Tais Muzardo, Unopar

Doutoranda em História pela UFPR, professora de História Moderna na Unopar.

Juliana Chueire Lyra, Unopar

Mestre em Educação. Professora de Psicologia da Educação da Unopar.

Referências

Abawajy, J. (2012). Analysis of asynchronous online discussion forums for collaborative learning. International Journal of Education and Learning, 1(2), 11-22. Disponível em http://www.sersc.org/journals/IJEL/vol1_no2/2.pdf

Alves, N. C. et al. (2015). Influência da tutoria na participação dos alunos em um fórum de discussão on-line. Revista Científica em Educação a Distância, 5(1), 170-182. http://dx.doi.org/10.18264/eadf.v5i1.287

Azevedo, B. F. T., Behar, P. A. & Reategui, E. B. (2012). Indicadores de relevância para análise de fóruns de discussão. In Anais do 23º Simpósio Brasileiro de Informática na Educação. Rio de Janeiro, RJ. Disponível em http://www.br-ie.org/pub/index.php/sbie/article/view/1729/1490

Bai, H. (2009). Facilitating students critical thinking in online discussion: an instructors experience. Journal of Interactive Online Learning, 8(2), 156-164. Disponível em http://www.ncolr.org/issues/jiol/v8/n2/facilitating-students-critical-thinking-in-online-discussion-an-instructor-s-experience

Baran, E. & Correia, A. P. (2014). A professional development framework for online teaching. Tech Trends, 58(5), 95-101. Disponível em https://www.researchgate.net/publication/265215210_A_Professional_Development_Framework_for_Online_Teaching_TechTrends

Ekahitanond, V. (2013). Promoting university students critical thinking skills through peer feedback activity in an online discussion fórum. Alberta Jornal of Educational Research, 59(2), 247-265. Disponível em http://ajer.journalhosting.ucalgary.ca/index.php/ajer/article/view/1088

Ertmer, P. A. (2007). Using peer feedback to enhance the quality of student online postings: an exploratory study. Journal of Computer-Mediated Communication, 12, 412-433. Disponível em http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1083-6101.2007.00331.x/full

Ferraz, A. P. C. M. & Belhot, R. V. (2010). Taxonomia de Bloom: revisão teórica e apresentação das adequações do instrumento para definição de objetivos instrucionais. Gestão da Produção, 17(2). 421-431. Disponível em http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-530X2010000200015

Garrison, D. R., Anderson, T. (2003). E-Learning in the 21st century: a framework for research and practice. London/New York: Routledge Falmer.

Gómez, A. I. P. (1998). Diferentes enfoques para entender o ensino. In Sacristán, J. G. & Gómez, A. I. P. Compreender e transformar o ensino (pp. 67-69). Porto Alegre: Artmed.

Knowlton, D. S. (2001).Promoting durable knowledge construction through online discussion. Proceedings of the Annual Mid-South InstructionalTechnology Conference. Disponível em http://files.eric.ed.gov/fulltext/ED463724.pdf

Krathwohl, D. R. (2002). A revision of Blooms taxonomy: an overview. Theory Into Practice, 41(4), 213-218. Disponível em http://www.unco.edu/cetl/sir/stating_outcome/documents/Krathwohl.pdf

Luhrs, C. & McAnally-Salas, L. (2016). Collaboration levels in asynchronous discussion forums: a social network analysis approach. Journal of Interactive Online Learning, 14(1), 29-44. Disponível em http://www.ncolr.org/jiol/issues/pdf/14.1.3.pdf

Marzano, R. J., Kendall, J. S. (2007). The new taxonomy of educational objectives. Thousand Oaks: Corwin Press.

Nussbaum, E. M. et al. (2002). Enhancing the quality of on-line discussions. Disponível em http://files.eric.ed.gov/fulltext/ED466767.pdf

Petress, K. (2004). Critical thinking: an extended definition. Disponível em http://isites.harvard.edu/fs/docs/icb.topic265890.files/Critical_Thinking_File/06_CT_Extended_Definition.pdf

Rocha, A. L. A. D. (2011). A promoção das competências do pensamento crítico nos adultos, através da formação em e-learning. Dissertação de mestrado. Universidade de Lisboa.

Rozenfeld, C. C.F., Veloso, F. S. (2014). A comunicação em fóruns de um curso a distância de formação de professores para uso de TDICS: análise da presença de ensino. Revista Ibero-Americana de Estudo em Educação, 9(3), 561-571. Disponível em http://seer.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/6765

Silva, J. C. (2015). Uma análise das interações discentes em fóruns de discussão online de ambientes virtuais de aprendizagem através da análise de redes sociais. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal da Paraíba.

Swan, K. et al. (2007). Shaping online discussion: assessment matters. E-Mentor, 18(1), 1-6. Disponível em http://www.acousticslab.org/dots_sample/module3/SwanEtAl2007_ShapingDiscussion.pdf

Veiga, E. et al. (2016). A perspectiva dos alunos sobre um projeto de desenvolvimento do pensamento crítico no ensino superior. Revista Lusófona de Educação, 32(32), 109-121. Disponível em http://revistas.ulusofona.pt/index.php/rleducacao/article/view/5518/3465

Downloads

Publicado

2017-09-06

Como Citar

da Silva, F. L., Muzardo, F. T., & Lyra, J. C. (2017). Promoção do Pensamento Crítico em Alunos Universitários: o Uso do Fórum de Discussão no Ensino a Distância. EaD Em Foco, 7(2). https://doi.org/10.18264/eadf.v7i2.554

Edição

Seção

Estudos de Caso