CONTEMPORANEIDADE E SERVIÇO SOCIAL: A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM TEMPOS DE INCLUSÃO

Autores

  • Ivan Vale Sousa

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v5i2.246

Resumo

A inclusão pressupõe a mudança de paradigmas, a criação ou adaptação de estratégias pedagógicas. Nessa perspectiva, esta abordagem é um estudo de caso, acerca da acessibilidade na Educação a Distância de um acadêmico deficiente visual cego no curso de Serviço Social de uma Instituição de Ensino Superior (IES) na cidade de Parauapebas, sudeste do Pará. Refletir sobre o processo de inclusão no ensino superior a distância, analisar as condições oferecidas pela IES na construção dos saberes sistematizados e evidenciar a importância de uma política inclusiva são objetivos deste relato. A metodologia é de natureza bibliográfico-analítica, na qual autores como Libâneo (2004), Iamamoto (2006), Oliveira (2009), entre outros contribuem assim como, a partir da entrevista-questionário. Não é pretensão de esta proposta macular a função social da Instituição, tampouco apresentar soluções, mas propor reflexões sobre a política de democratização do ensino na modalidade a distância na perspectiva da acessibilidade no ensino superior.

 

Palavras-chave: Educação a distância; Serviço social; Deficiente visual; Acessibilidade.

 


Contemporary and Social Welfare: The Formation of Professional Social Worker in Distance Education in Times of Inclusion


Abstract
Inclusion requires a change of paradigms, the creation or adaptation of teaching strategies. From this perspective, the approach is based on a case study about accessibility in the Distance Education Social Welfare Service course from a Higher Higher Education Institution (IES) for visually impaired public in Parauapebas city, southeastern city of Para. The objectives of this of this article are to reflect on the inclusion process in higher education at a distance, to analyze the conditions offered by IES on construction of systematized knowledge and to highlight the importance of an inclusive politic. The methodology is based on a bibliographic analysis in which, authors, as Libâneo (2004), Iamamoto (2006), Oliveira (2009), and others contribute to the discussion, as well as, the interview-questionnaire. This paper does not intended to question social function of the institution, nor to present solutions, but to propose reflections on the democratization of education policy in the distance from the perspective of accessibility in higher education.


Keywords: Distance education; Social service; Visual deficient; Accessibility.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivan Vale Sousa

Especialista em Arte, Educação e Tecnologias Contemporâneas pela Universidade de Brasília - UnB. Especialista em Docência da Língua Inglesa pela AVM Faculdade Integrada. Licenciado em Teatro pela Universidade Federal do Maranhão - UFMA. Licenciado em Letras: Português/ Espanhol e Respectivas Literaturas pelas Fundação Universidade do Tocantins. Professor e Arte-educador na Unidade Educacional Especializada em Deficiência Visual Jonas Pereira de Melo em Parauapebas, sudeste do Pará.

Referências

Brasil. (1996). Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, Imprensa Nacional. Disponível em http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/Idb.pdf

Castro, A. D. M, & Gauthier, L. S. (2009). Coordenação pedagógica e mediação tecnológica: interface na perspectiva de uma educação inclusiva. In DÁAZ, F., et al (Orgs.). Educação inclusiva, deficiência e contexto social: questões contemporâneas. Salvador: EDUFBA.

Conselho Federal De Serviços Sociais. (2009). Parâmetros para a atuação de Assistentes Sociais na Saúde. (Versão preliminar). Grupo de Trabalho Serviço Social na Saúde. Brasília.

Ferreira, D. C. A., & Schenkel, C. A. (2003). O Papel da Educação a Distância. Trabalho de Conclusão de Curso de Especialização em Docência pela Universidade Federal do Triângulo Mineiro: UFTM, Uberaba: MG. Disponível em http://www.uftm.edu.br./upload/ensino/o_papel_da_educacao_a_distancia.pdf

Guerra, Y. (2007). O Projeto Profissional Crítico: estratégia de enfrentamento das condições contemporânea da prática profissional. In Serviço Social & Sociedade. Ano XXVIII. São Paulo: Cortez.

Iamamoto, M. V. (2005). O Serviço Social na contemporaneidade. São Paulo: Cortez.

Iamamoto, M. V. (2006). As dimensões ético-políticas e teórico-metodológicas no Serviço Social contemporâneo. In Mota, A. E., et al. (Org.). Serviço Social e Saúde: Formação e Trabalho Profissional. São Paulo: Cortez.

Libâneo, J. C. (2004). A didática e a aprendizagem do pensar e do aprender: a teoria histórico-cultural da atividade e a contribuição de Vasili Davydov. Revista Brasileira de Educação, 27(4), 5-24.

Marconi, M. A., & Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos de metodologia científica. (5ª ed.). São Paulo: Atlas.

Norte, M. B. (2004). Estudo cooperativo e autoaprendizagem de línguas estrangeiras de informação e comunicação/internet. In Barbosa, R. M. Ambientes virtuais de aprendizagem. Porto Alegre: Artmed.

Oliveira, C. A. H. S. (2004). O estágio supervisionado na formação profissional do assistente social: desvendando significados. Serviço Social & Sociedade, 25 (80), 59-81.

Oliveira, R. F. C. (2009). Desbraillização: realidade e perspectivas. In Amiralian, M. L. T. M. (Org.). Deficiência visual: perspectivas na contemporaneidade.: 1ª ed.: São Paulo: Vetor.

Pallof, R. M., & Pratt, K. (2004). O aluno virtual: um guia para trabalhar com estudantes on-line. Porto Alegre: Artmed.

Ruwer, L. M. E., & Moreira, I. S. (2010). Mundo do trabalho, Serviço Social e desenvolvimento sustentável. In Anais do VII Seminário. Disponível em http://www.estudosdotrabalho.org/anais-vii-7-seminario-trabalho-ret-2010

Sá, D., & Simão, V. S. (2010). Alunos com cegueira: crenças, mitos e concepções acerca da cegueira. In Domingues, C. A. et al. A educação especial na perspectiva da inclusão escolar: os alunos com deficiência visual: baixa visão e cegueira. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Especial. [Fortaleza]: Universidade Federal do Ceará.

Souza, T. M. C., & Oliveira, C. A. H. S. (2010). Educar cidadãos: o cenário da formação profissional em Serviço Social. Serviço Social & Sociedade, 19 (1), 193-222.

Publicado

2015-08-10

Como Citar

Sousa, I. V. (2015). CONTEMPORANEIDADE E SERVIÇO SOCIAL: A FORMAÇÃO PROFISSIONAL DO ASSISTENTE SOCIAL NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA EM TEMPOS DE INCLUSÃO. EaD Em Foco, 5(2). https://doi.org/10.18264/eadf.v5i2.246

Edição

Seção

Estudos de Caso