EVASÃO NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM ESTUDO DE CASO

Autores

  • Romário de Macedo Espíndola UERJ
  • Fátima Kzam Damaceno de Lacerda UERJ

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v3i1.174

Resumo

Este trabalho tem o objetivo de estudar os motivos de evasão no curso de licenciatura em ciências biológicas do polo de educação a distância do CEDERJ/UAB localizado no município de Nova Friburgo-RJ. Com esse objetivo foi realizado um estudo exploratório utilizando os dados contidos no sistema acadêmico do CEDERJ para se obter o número de alunos evadidos das dez primeiras turmas do curso, de 2006 a 2011. Posteriormente, para se estudar o motivo dos estudantes abandonarem o curso, foram realizadas entrevistas, através de ligações telefônicas, com 30 ex-alunos do curso. Os resultados indicaram que no grupo pesquisado ocorreu uma evasão de 43% que se concentrou nos três períodos iniciais do curso. Os principais motivos de evasão são relatados. Observou-se uma tendência de diminuição da evasão ao longo do tempo, o que pode estar relacionado com as ações de apoio acadêmico ao estudante que vem sendo desenvolvidas pela instituição de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Romário de Macedo Espíndola, UERJ

Licenciado em Licenciatura em Ciências Biológicas pelo Instituto de Biologia Roberto Alcântara Gomes (IBRAG/UERJ).

Fátima Kzam Damaceno de Lacerda, UERJ

Profa. Adjunta do Departamento de Processos Bioquímicos do Instituto de Química da UERJ.

Publicado

2013-06-28

Como Citar

Espíndola, R. de M., & de Lacerda, F. K. D. (2013). EVASÃO NA EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA: UM ESTUDO DE CASO. EaD Em Foco, 3(1). https://doi.org/10.18264/eadf.v3i1.174

Edição

Seção

Estudos de Caso

Most read articles by the same author(s)