Múltiplos Enfoques sobre as Competências na Educação a Distância: Uma Problematização Necessária

Jaison Sfogia Ricardo

Resumo


O presente artigo resgata as competências dos alunos de Educação a Distância (EaD) em ambientes virtuais de aprendizagem (AVA) em relação às competências dos professores-tutores para que se obtenha a experiência da aprendizagem significativa. Para tanto, problematiza as competências dos alunos diante de sua formação no ensino presencial, propõe seu desenvolvimento por meio da intervenção do professor-tutor e apresenta as competências que este deve ter para a construção de um processo de ensino voltado à centralidade do aluno.

 

Palavras-chave: Competências. Aluno. Professor-tutor.

 

Multiple Views to Skills in Distance Education: A Necessary Problematization

Abstract


This article looks into the competencies of distance learning students in virtual learning environments in relation to the skills of teachers-tutors to identify meaningful learning experiences. In order to do so, it problematizes the students’ competencies in their face-to-face teaching training, proposes solutions through intervention of the teacher-/tutor, and shows the skills that the tutor must have to build a student-centered teaching process.


Keywords: Competencies. teacher-tutor.


Palavras-chave


competências, aluno, professor-tutor, EaD

Texto completo:

PDF

Referências


ARREDONDO, S. C.; GONZÁLES, J. A. T. & GONZÁLES, L. P. (2012). Formação de tutores: fundamentos teóricos e práticos. Trad. Sandra Martha Dolinski. Curitiba: InterSaberes.

BEHAR, P. A. (2013). Competências em educação a distância. Porto Alegre: Penso.

BELLONI, M. L. (2012). Educação a Distância (6ª ed.). Campinas: Autores Associados.

BRASIL. Ministério da Educação (1998). Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua portuguesa. Brasília. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/portugues.pdf. Acesso em: 28 mar. 2018.

BRASIL. Ministério da Educação (2007). Referenciais de Qualidade para Educação Superior a Distância. Brasília. Disponível em: http://portal.mec.gov.br

/seed/arquivos/pdf/legislacao/refead1.pdf. Acesso em: 28 mar. 2018.

CORTELAZZO, I. B. de C. (2013). Prática pedagógica, aprendizagem e avaliação em educação a distância. Curitiba: InterSaberes.

FARIA, A. A. & LOPES, L. F. (2014). Práticas pedagógicas em EaD. Curitiba: InterSaberes.

FREIRE, P. (1996). Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa (34ª ed). São Paulo: Paz e Terra.

KENSKI, V. M. (2015). Tecnologias e ensino presencial e a distância. Campinas: Papirus.

KONRATH, M. L. P.; TAROUCO, L. M. R. & BEHAR, P. A. (2009). Competências: desafios para alunos, tutores e professores da EaD. Revista Novas Tecnologias na Educação, Renote, 7, n. 1, jul. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/renote/article/view/13912. Acesso em: 28 mar. 2018.

LIB NEO, J. C. (2012). Tendências pedagógicas na prática escolar (27ª ed.). São Paulo: Loyola.

LOPES, L. F. & FARIA, A. A. (2013). O que e o quem da EaD: história e fundamentos. Curitiba: InterSaberes.

MARCUSCHIi, L. (2003). Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In: ngela Paiva Dionísio; Anna Raquel Machado; Maria Auxiliadora Bezerra (Orgs.). Gêneros textuais & Ensino (2ª ed.). Rio de Janeiro: Lucerna.

MATTAR, J. (2012). Tutoria e interação em educação a distância. São Paulo: Cengage Learning.

MILL, D.; OLIVEIRA, M. R. G. de & RIBEIRO, L. R. C. (2010). Múltiplos enfoques sobre a polidocência na Educação a Distância virtual. In: Polidocência na educação a distância: múltiplos enfoques. São Paulo: EdUFSCar.

MUNHOZ, A. S. (2014). Tutorial em EAD: uma nova visão. Curitiba: InterSaberes.

PERRENOULD, P. (2000). Dez novas competências para ensinar. Porto Alegre: Artmed.

RODRIGUES, E. C. (2009). Desenvolvendo autonomia nos estudos a distância. Curitiba: Iesde.

SANTINELLO, J. (2015). Ensino superior em ambientes virtuais de aprendizagem (AVAs): formação docente universitária em construção. Curitiba: InterSaberes.

SERAFINI, A. M. S. (2012). A autonomia do aluno no contexto da Educação a Distância. Educ. foco, 17, n. 2, 61-82 jul./out.

WEISZ, T. (2000). O diálogo entre ensino e aprendizagem. São Paulo: Ática.




DOI: https://doi.org/10.18264/eadf.v9i1.731



Direitos autorais 2019 Revista EaD em FOCO

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

UNIVERSIDADES CONSORCIADAS