Aprendizados em Projetos de Extensão Universitária sob a Perspectiva de Acadêmicos de Cursos EAD

Autores

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v10i1.858

Resumo

O estudo investiga “se” e “como” os projetos de extensão contribuem para a construção de aprendizados em contextos reais sob a perspectiva dos acadêmicos dos cursos da modalidade a distância de uma universidade gaúcha. Sua proposição advém do debate acerca da produção de conhecimento na extensão, tendo como fio condutor as articulações com o território, com a pesquisa e com o currículo. Justifica-se sua relevância ante o desafio da curricularização da extensão na modalidade a distância, através de programas e projetos, a partir da estratégia 7 da meta 12 do Plano Nacional de Educação 2014-2024. Quanto aos aspectos metodológicos, o estudo caracteriza-se por uma abordagem qualitativo-exploratória centrada na descrição da experiência dos acadêmicos, através da análise dos instrumentos avaliativos dos 12 (doze) projetos de extensão desenvolvidos no período 2017-2018. Nesse sentido, classifica-se como uma pesquisa social sob enfoque fenomenológico, partindo do cotidiano do fazer extensão na instituição e procurando identificar os aprendizados atribuídos por esses sujeitos. Do percurso investigativo, depreendeu-se que a participação dos acadêmicos nos projetos estudados contribuiu significativamente para a construção de aprendizados conexos às demandas e potencialidades territoriais, ao perfil profissiográfico dos cursos envolvidos e à natureza institucional. Ressalte-se que a transversalidade das situações-problema que orientaram os referidos projetos constituiu fator relevante para a deposição dos muros disciplinares, tal qual a metodologia de pesquisa-ação potencializou a articulação das dimensões acadêmicas e a integração ao território.

Palavras-chave: Educação a distância. Projetos de extensão.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Simone Loureiro Brum Imperatore, Universidade Luterana do Brasil (ULBRA)

Doutora em Diversidade Cultural e Inclusão Social pela Universidade Feevale, Mestra em Desenvolviento Regional pela Universidade de Santa Cruz do Sul, Especilaista em Controladoria e Bacharela em Ciências Contábeis. Docente e Diretora de Extensão da Universidade Luterana do Brasil

Referências

BOTOMÉ, Sílvio Paulo. Pesquisa alienada e ensino alienante: o equívoco da extensão universitária. Petrópolis, RJ /São Carlos, SP/Caixas do Sul, RS: Vozes/Ed. da Universidade Federal de São Carlos/Ed. da Universidade de Caxias do Sul, 1996.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil [1988]. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988.

______. Lei nº 10.172 de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial [da] União. Poder Executivo, Brasília, DF, 10 de janeiro de 2001. Seção 1, p.1.

______. Lei nº 9.394 de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional (LDB). Diário Oficial [da] União. Poder Executivo, Brasília, DF, 23 de dezembro de 1996. Seção 1, p. 27833.

______. Lei nº 13.005 de 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Diário Oficial [da] União. Poder Executivo, Brasília, DF, 26 de junho de 2014. Seção 1, p.1.

______. Lei nº 5.540 de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de

CAMILLIONI, Alicia (Org.). Integración docencia y extensión: otra forma de enseñar y de aprender. 1. ed. Santa Fé: Universidade Nacional del Litoral, 2013.

CARBONELL, Jaume. Pedagogias do século XXI: bases para a inovação educativa. Trad. de Juliana dos Santos Padilha; rev. técnica Luciana Vellinho Corso. 3. ed. Porto Alegre: Penso, 2016

CRES 2018. Declaración de la III Conferencia Regional de la Educación Superior. Disponível em < http://www.andifes.org.br/declaracao-final-da-iii-conferencia-regional-de-educacao-superior-para-america-latina-e-caribe-cres-2018/> Acesso em 11 dez 2018.

DEELEY, Susan J. El Aprendizaje-Servicio em educación superior: Teoría, práctica y perspectiva crítica. Madrid, Espanha: Narcea, 2016.

DEMO, Pedro. Lugar da extensão. In: FARIA, Dóris Santos de (Org.).

FAGUNDES, L.C; MAÇADA, D. SATO, L. Aprendizes do Futuro: as inovações começaram. Coleção Informática para a Mudança na Educação. Brasília: SEED, MEC. PROINFO, 1999.

FORPROEX. Política nacional de extensão universitária. Manaus, 2012. Disponível em: <http://www.renex.org.br/dPONexocumentos/2012-07-13-Politica-Nacional-de-Extensao.pdf>. Acesso em: 2 ago. 2015.

FREIRE, Paulo. Educação e mudança. Trad. de Moacir Gadotti e Lilian Lopes Martin. 27. ed. Rio de Janeiro, RJ: Paz e Terra, 2003.

JEZINE, Edineide. As práticas curriculares e a extensão universitária. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, 2., Belo Horizonte. Anais. Belo Horizonte, 12-15 nov. 2004. Disponível em: <https://www.ufmg.br/congrext/Gestao/Gestao12.pdf>. Acesso em: jul. 2014.

MEC. Documento síntese do fórum nacional e educação superior. FNES. Brasília: Maio, 2009.

MEC. Resolução nº 7 de 18 dezembro de 2018. Disponível em < http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=104251-rces007-18&category_slug=dezembro-2018-pdf&Itemid=30192> Acesso em 28 dez 2018.

MEC/SESU. Edital PROEXT 2014. Programa de Extensão Universitária. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_docman&view=download&alias=12459-editalproext014-09-2013&category_slug=janeiro-2013-pdf&Itemid=30192>. Acesso em: mar. 2014.

MOURA, Dacio G.; BARBOSA, Eduardo F. Trabalhando com Projetos: Planejamento e Gestão de Projetos Educacionais. Petrópolis: Vozes, 2018.

PEREIRA, Alice Theresinha Cybis; SCHMITT, Valdenise; DIAS, Maria Regina Álvares C. Ambientes Virtuais de Aprendizagem. Disponível em < http://www.pucrs.br/ciencias/viali/tic_literatura/artigos/ava/2259532.pdf> Acesso em 16 abril 2019.

SPELLER, Paulo; ROBJ, Fabiane; MENEGHEL, Stela Maria (Orgs.). Desafios e perspectivas da educação brasileira para a próxima década. Brasília, DF: UNESCO/CNE/MEC, 2012.

TORRES SANTOMÉ, J. Globalización e interdisciplinariedad: el cirriculum integrado. Madrid: Morata, 1994.

SISDEX: Relatório Analítico das avaliações parciais e finais dos projetos de extensão 2017 e 2018. Acesso em maio, 2019.

Publicado

2020-03-12

Como Citar

Imperatore, S. L. B. (2020). Aprendizados em Projetos de Extensão Universitária sob a Perspectiva de Acadêmicos de Cursos EAD. EaD Em Foco, 10(1). https://doi.org/10.18264/eadf.v10i1.858

Edição

Seção

Artigos Originais