Componentes Afetivo-atitudinais na Prática de Tutores em um Curso a Distância para Professores de Matemática

Autores

  • Agnaldo da Conceição Esquincalha Universidade do Estado do Rio de Janeiro
  • Celina Aparecida Almeida Pereira Abar Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v6i1.363

Resumo

Neste artigo, objetiva-se investigar os conhecimentos revelados por tutores de um curso de formação continuada para professores de Matemática na modalidade a distância. Inicialmente, acompanhou-se o trabalho de 32 tutores ao longo de um ano, a fim de tipificar suas intervenções realizadas em fóruns de discussão junto aos cursistas. A partir dos resultados, em um segundo momento da pesquisa foi oferecida formação específica a um novo grupo de tutores, com o intuito de promover melhoria nas ações consideradas aquém do esperado no primeiro ano. Seis dos novos tutores se voluntariaram para ter seu trabalho acompanhando por um ano, caracterizando-se como os sujeitos desta pesquisa. Sua formação foi fundamental no quadro teórico TPACK e em autores que discutem a importância de componentes afetivo-atitudinais para a formação de professores. A pesquisa, de natureza qualitativa, fez uso da observação do trabalho dos tutores, que foi analisado por meio das tipologias discursivas encontradas nas intervenções realizadas pelos tutores nos fóruns de discussão do curso. As análises indicaram que componentes afetivo-atitudinais têm papel fundamental no exercício da tutoria nesse contexto, sobressaindo-se em relação a outros tipos de conhecimento.

 

Palavras-chave: Tutoria em Educação a Distância; Formação de tutores; Componentes afetivo-atitudinais; TPACK.

 


Affective and Attitudinal Components in the Practice of Tutors in a Distance Learning Course for Mathematics Teachers

 

Abstract
This paper aims to investigate the knowledge revealed by tutors in a continuing education course for mathematics teachers at distance. Initially, it followed up the work of 32 tutors over a year, in order to typify its interventions in discussion forums, with course participants. From the results, in a second phase of research, specific training was offered to a new group of tutors in order to promote improvement in actions considered below expectations in the first year. Six of the new tutors volunteered to have their work following by a year, they are characterized as the subjects of this research. His training was based on TPACK theoretical framework and in authors who discuss the importance of affective and attitudinal components for teacher training. The research, qualitative, made use of the observation of the work of the tutors, which was analyzed by discursive typologies found in interventions by tutors in discussion forums. Analyses indicated that affective and attitudinal components play a key role in the exercise of tutoring in this context, with more emphasis than other types of knowledge.

 

Keywords: Tutoring in Distance Education; Tutor Training; Affective and Attitudinal Components; TPACK.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Agnaldo da Conceição Esquincalha, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Estágio Pós-Doutoral no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemática da UFRRJ, Doutor em Educação Matemática pela PUC-SP, Mestre em Matemática Aplicada e Computação Científica pela UERJ, Especialista em Ensino de Matemática pela UFF e Licenciado em Matemática pela UFRRJ. Membro da Diretoria da Sociedade Brasileira de Educação Matemática - Regional Rio de Janeiro (2016-2019). Professor Adjunto do Departamento de Matemática da Faculdade de Formação de Professores da UERJ, Professor do Programa de Pós-Graduação em Matemática - PROFMAT/UERJ e Coordenador da Área de Matemática da Diretoria de Extensão da Fundação CECIERJ. Nos últimos anos, foi Professor do Departamento de Matemática da PUC-Rio, Coordenador de Tutoria de Programa de Formação de Professores de Matemática, parceria da Fundação Getúlio Vargas com a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, Coordenador Geral de Tutoria  dos Cursos de Pós-Graduação a Distância do Laboratório de Novas Tecnologias de Ensino da UFF/UAB e Coordenador de Matemática do Departamento de Mídias Digitais da Fundação CECIERJ. Foi, ainda, Professor Substituto nas áreas de Matemática e Educação Matemática na UFRJ, na UERJ e na UFRRJ, além ter sido bolsista de desenvolvimento de projetos de Educação a Distância na UNIRIO e professor na Rede Pública Estadual do Rio de Janeiro. Tem experiência nas áreas de Matemática e Tecnologias Educacionais, com ênfase na Formação do Professor de Matemática, Tecnologias Digitais em Educação Matemática, Tutoria e Gestão de Cursos a Distância e Computação Algébrica. Seus interesses atuais estão concentrados no processo ensino-aprendizagem de Análise na Reta, e em Álgebra Linear Computacional.

Celina Aparecida Almeida Pereira Abar, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo

Possui Licenciatura, Bacharelado, Mestrado e Doutorado m Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Especialista em Tecnologias Interativas Aplicadas à Educação (PUC-SP), em Design Instrucional para Educação On-Line (UFJF) e em Entornos Virtuales de Aprendizaje (OEI). Professora Titular da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo atuando no Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática. Coordenadora da Implantação do Curso de Licenciatura em Matemática na Modalidade a Distância da PUC-SP e do Instituto GeoGebra de São Paulo. Tem experiência na área de Educação a Distância, Tecnologia Aplicada à Educação, Webquests e Objetos de Aprendizagem para Ensino de Matemática.

Referências

Aretio, L. G. (2001). La educación a distancia. Barcelona: Ariel.

Bairral, M. A. (2004). Análise qualitativa de debates a distância: interações virtuais e desenvolvimento profissional docente. Seminário Internacional de Pesquisa e Estudos Qualitativos, Bauru.

______. (2007). Discurso, interação e aprendizagem matemática em ambientes virtuais de a distância. Rio de Janeiro: Edur.

Creswell, J. W. (2010). Projeto de pesquisa. Métodos qualitativo, quantitativo e misto. Porto Alegre: Artmed.

DAmbrósio, U. (2010). Prefácio. In: BORBA, M. C.; ARAÚJO, J. L. (orgs.) Pesquisa qualitativa em Educação Matemática. Belo Horizonte: Autêntica.

Esquincalha, A. C. (2015). Conhecimentos revelados por tutores em um curso de formação continuada para professores de Matemática na modalidade a distância. 2015. 170 f. Tese (doutorado em Educação Matemática). Faculdade de Ciências Exatas e Tecnologia, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.

______; Abar, C. A. P. P. (2012). Impressões iniciais sobre as práticas de tutoria em um curso a distância para professores de Matemática. Produção Discente em Ensino de Ciências e Matemática, 1, 1, p. 1-11.

Godino, J. D. (2009). Categorías de análisis de los conocimientos del profesor de matemáticas. Unión, Revista Iberoamericana de Educación Matemática, 20, p. 13-31.

Laville, C.; Dionne, J. (2008). A construção do saber. Manual de metodologia da pesquisa em ciências humanas. Porto Alegre: Artmed; Belo Horizonte: Ed. UFMG.

Mishra, P.; Koehler, M. (2006). Technological pedagogical content knowledge: a framework for teacher knowledge. Teachers College Record, 108, 6, p. 1017-1054.

Nóvoa, A. (2009). Para una formación de profesores construida dentro de la profesión. Revista de Educación, Madri, 350, p. 203-218.

Richardson, R. J. (1999). Pesquisa social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas.

Saad, M.; Barbar, A. M.; Abourjelli, S. A. R. (2012). Introduction of TPACK-XL for building pre-service teacher knowledge base. Turkish Journal of Teacher Education, 1, 2, p.1-21.

Shulman, L. S. (1986). Those who understand: knowledge growth in teaching. Educational Researcher, 15, 2, p. 4-14.

Tardif, M. (2002). Saberes docentes e formação profissional. 2ª ed. Petrópolis: Vozes.

Publicado

2016-04-30

Como Citar

Esquincalha, A. da C., & Abar, C. A. A. P. (2016). Componentes Afetivo-atitudinais na Prática de Tutores em um Curso a Distância para Professores de Matemática. EaD Em Foco, 6(1). https://doi.org/10.18264/eadf.v6i1.363

Edição

Seção

Artigos Originais

Most read articles by the same author(s)