Sistema de Tutoria a Distância: Análise da Mediação em Fóruns Colaborativos em Ambientes Virtuais de Aprendizagem - AVA

Autores

  • Andréa Neves Nogueira Rochefeller Especialista em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância / LANTE: Laboratório de Novas Tecnologias de Ensino / Instituto de Matemática e Estatística / Universidade Federal Fluminense: UFF. Rua Mário Santos Braga s/n. Valonguinho, 24.020-140. Niterói-RJ: Brasil.
  • Ildenice Lima Costa Mestre em Educação pela Universidade de Brasília (UnB) / Especialista em Planejamento, Implementação e Gestão da Educação a Distância / LANTE: Laboratório de Novas Tecnologias de Ensino / Instituto de Matemática e Estatística / Universidade Federal Fluminense: UFF. Rua Mário Santos Braga s/n. Valonguinho, 24.020-140: Niterói-RJ: Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v6i2.323

Resumo

Este trabalho tem como objetivo identificar e descrever um sistema de tutoria eficaz, capaz de fornecer subsídios aos alunos de curso de especialização realizado em ambiente virtual de aprendizagem - AVA. A partir da concepção da mediação de trabalhos colaborativos, foram Este trabalho tem como objetivo identificar e descrever um sistema de tutoria capaz de fornecer subsídios aos alunos de curso de especialização realizado em ambiente virtual de aprendizagem (AVA). A partir da concepção da mediação de trabalhos colaborativos, foram investigadas formas de propiciar a aprendizagem autônoma discente. O enfoque no aspecto colaborativo apresenta-se como alternativa para integrar práticas de pesquisa e solução de problemas existentes nos fóruns e tarefas a partir das máximas conversacionais. Neste trabalho focou-se em diferentes contextos que envolvem as funções do tutor a distância, na busca da promoção de um ambiente virtual em que o aluno possa perceber-se como ser integrado. A pesquisa reforça a importância do trabalho do tutor para a promoção da aprendizagem dos alunos em cursos a distância na percepção do trabalho colaborativo. O público-alvo é composto de tutores e alunos de um curso de especialização promovido no Estado do Rio de Janeiro. Para tanto, foram analisadas mensagens nos fóruns no AVA em que o curso foi ofertado postadas em uma das disciplinas, ocorrida no segundo semestre de 2013, disponibilizada na plataforma Moodle.

Palavras-chave: Sistema de tutoria, Ambiente colaborativo, Máximas conversacionais, AVA.

 

 

System Mentoring Distance: Mediation Analysis Forums Collaborative Learning in Virtual Environments - AVA

 

Abstract 

This paper aims to identify and describe a mentoring system, capable of providing subsidies to students specialization course held in virtual learning environment - AVA. From the conception of mediation collaborative work, ways to promote the student autonomous learning were investigated. The focus on collaborative aspect is presented as an alternative to mainstream research practices and problems solution in forums and tasks, from the conversational maxims of Grice, 1957. In this work focused in different contexts involving tutor functions away in search of promoting a virtual environment where the student can be perceived as being integrated. The research reinforces the importance of the tutor's work to promote student learning in distance learning courses in the perception of collaborative work. The target audience is composed of tutors and students a specialization course promoted in the state of Rio de Janeiro. Therefore, messages in the forums were analyzed in AVA in which the course was offered, posted on one of the subjects in the second half of 2013, available in Moodle. 

Keywords: System of mentoring, Collaborative environment, Conversational maxims, AVA.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Bakhtin, M. (2003). Os gêneros do discurso. In: ______. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes. p. 261-306.

Bevilaqua, D. V.; Barreto, C. (2013). Aula 5: Conversação e discussões instrucionais. Disciplina Sistemas de Tutoria em Cursos a Distancia 5. PIGEAD/UFF.

Brown P.; Levinson S. C. (1987). Politeness: some universals in language usage. Cambridge: Cambridge University Press.

Dotta, S.; Giordan, M. (2007). Tutoria em Educação a Distância: um processo dialógico. Virtual Educa 2007 - Encontro Internacional Virtual Educa Brasil. São José dos Campos, SP. Disponível em: http://www.lapeq.fe.usp.br/~silviadotta/textos/dotta_giordan_VE_2007.pdf.

Fundação Cecierj (2014). Extensão: cursos de Formação Continuada em Letras - Especialização em Ensino de Leitura e Produção Textual. Disponível em: http://especializacao.cecierj.edu.br/ava23/course/view.php?id=88. Acesso em 19 out. 2014.

Grice, H. P. (1957). The philosophical review. Reprinted in SWW.

______. (1982) Lógica e conversação. Fundamentos metodológicos da Linguística, v. 4, p. 81-103.

Ilha, F. R. S. et al. (2009). Educação a distância: a aprendizagem de professores, tutores e alunos no desenvolvimento do trabalho educativo. IX Congresso Nacional de Educação: EDUCERE (III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia) (p. 4.435?4.446). Curitiba, PR. Disponível em: http://www.pucpr.br/eventos/educere/educere2009/anais/pdf/2514_1703.pdf.

Maia, C. O.; Lannes, D. R. C. (2013). A influência da tutoria na prática da Educação a Distância. EAD em FOCO, v. 3, n. 1.

Martins, M. E.; Garbin, T. R. (2011). Mediação em fórum na EAD, uma postura que efetiva a educação colaborativa. 17º Congresso Internacional de Educação a Distância (p. 1?10). Ouro Preto, MG. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2011/cd/52.pdf.

Nobre, C. V.; Melo, K. S de. (2011). Convergência das competências essenciais do mediador pedagógico da EaD. ESUD. VIII Congresso Brasileiro de Ensino Superior a Distância (p. 1?15). Ouro Preto, MG. Disponível em: http://www.wr3ead.com.br/ENPED%202012/texto_base_etapa_2%20(2).pdf.

Schlosser, R. L. (2010). A atuação dos tutores nos cursos de educação a distância. Revista Digital da CVA - Ricesu, vol. 6, n. 22.

Sihler, A. P.; Ferreira, S. M. B. (2011). A afetividade mediada por meio da interação na modalidade a distância como fator preponderante para a diminuição da evasão. 17º Congresso Internacional de Educação a distância: ABED. Manaus, AM. Disponível em: http://www.abed.org.br/congresso2011/cd/116.pdf.

Stahl, G.; Koschmann, T.; Suthers, D. (2006). Aprendizagem colaborativa com suporte computacional: Uma perspectiva histórica. Disponível em: http://gerrystahl.net/cscl/CSCL_Portuguese.pdf.

Teles, L. (2009). A aprendizagem por e-learning. In: LITTO, F. et al. Educação a distância: o estado da arte. São Paulo: Pearson Education do Brasil.

Viana, C. G. (2013). Estratégias de motivação em EaD: uma análise das interações tutor/alunos em um curso a distância. Dissertação (Mestrado em Letras). Universidade Federal Fluminense - UFF. Niterói, RJ.

Vigotski, L. S. (1989). A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. São Paulo: Martins Fontes.

Wilson, V. (2008). Motivações pragmáticas. Manual de Linguística. São Paulo: Contexto, p. 87-110.

Publicado

2016-08-26

Como Citar

Rochefeller, A. N. N., & Costa, I. L. (2016). Sistema de Tutoria a Distância: Análise da Mediação em Fóruns Colaborativos em Ambientes Virtuais de Aprendizagem - AVA. EaD Em Foco, 6(2). https://doi.org/10.18264/eadf.v6i2.323

Edição

Seção

Estudos de Caso