COMPARAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS IMPRESSOS DE MICROBIOLOGIA DE DOIS CURSOS BRASILEIROS SEMIPRESENCIAIS DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS

Autores

  • Ludmila Silva ludmilasb@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.18264/eadf.v4i2.230

Resumo

Materiais didáticos impressos para Educação a Distância (EaD) necessitam de características especiais que promovam a autonomia do aluno, incentivem-no a buscar mais informações e agucem seu gosto pelo conhecimento. Nesse contexto, este trabalho objetivou analisar e comparar a arquitetura da informação e as atividades de materiais didáticos impressos utilizados na disciplina Microbiologia dos cursos semipresenciais de Licenciatura em Ciências Biológicas do Consórcio Centro de Educação a Distância do Estado do Rio de Janeiro (CEDERJ) e da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Foi observada, em ambos os materiais, conectividade adequada, propiciando a dinâmica ativa de estudo. No entanto, o fascículo do CEDERJ apresentou menor linearidade, sendo rico em caixas de informações periféricas que possibilitam diferentes rotas de leitura. Em ambos os materiais foram observadas atividades predominantemente de caráter formativo ao longo do texto e ao final das aulas, permitindo a gradativa construção do conhecimento mediante a verificação constante da aprendizagem.

Palavras-chave: Material didático impresso. Arquitetura da informação. Feedback. Avaliação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2014-10-30

Como Citar

ludmilasb@gmail.com, L. S. (2014). COMPARAÇÃO DE MATERIAIS DIDÁTICOS IMPRESSOS DE MICROBIOLOGIA DE DOIS CURSOS BRASILEIROS SEMIPRESENCIAIS DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS BIOLÓGICAS. EaD Em Foco, 4(2). https://doi.org/10.18264/eadf.v4i2.230

Edição

Seção

Estudos de Caso