Panorama da Aplicação de Massive Open Online Course (MOOC) no Ensino Superior: Desafios e Possibilidades

Marcos Vinícius Mendonça Andrade, Ismar Frango Silveira

Resumo


Este trabalho aborda a aplicação dos Massive Open On-line Courses – MOOC – no contexto do Ensino Superior. Traz um breve histórico, características e principais tipos de MOOC, bem como os relaciona com o movimento da Educação Aberta. Demonstra através de mapeamento sistemático da literatura um panorama dos estudos publicados na área, tendo como recorte temporal o período entre 2011 e 2015. Os resultados obtidos evidenciam que a aplicação dos MOOC no Ensino Superior é apontada como tema emergente e descortina uma série de potencialidades e desafios, exigindo uma nova postura das instituições de ensino superior. Ressalta que os estudos nessa temática ainda são incipientes.

Palavras-chave: MOOC, Massive Online Open Course, Ensino Superior, Educação Aberta, Tecnologias Emergentes.'



Overview of the application of Massive Open Online Course (MOOC) in Higher Education: Challenges and Opportunities

Abstract
This paper proposes to identify application of Massive Open Online Courses – MOOC – in higher education context. It provides a brief history, features and main types of MOOC as well as relates to the movement of Open Education. Demonstrates through systematic mapping of literature an overview of the studies published in the field, with the time frame the period between 2011 and 2015. The results show that the application of MOOC in higher education is seen as an emerging theme and opens up a number of potential and challenges requiring a new approach of higher education institutions. It is evident although the studies on this topic are still incipient.


Keywords: MOOC, Massive Online Open Course, Higher education, Open Education, Emerging Technologies.


Palavras-chave


MOOC; Massive Online Open Course; Ensino Superior; Tecnologias Emergentes

Texto completo:

PDF

Referências


Anderson, T. (2015). MOOCs and open and distance learning. Disponível em: www.ethicalforum.be/sites/default/files/MOOCsPromisePeril.pdf

Andrade, M. V. M. & Vianna, A. A. (2015). Ambiente de educação a distância direcionado à formação continuada de professores universitários: um estudo de caso. Nuevas Ideas en Informática Educativa. TISE, 2015. Disponível em: http://www.tise.cl/volumen11/TISE2015/774-779.pdf

Barín, C., S. & Bastos, F. P. da (2013). Problematização dos MOOCs na atualidade: Potencialidades e Desafios. Renote, 11(3). Disponível em: seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/44707

Bastos, R. C. & Biagiotti, B. (2014). MOOCs: uma alternativa para a democratização do ensino. Renote, 12(1). Disponível em: seer.ufrgs.br/index.php/renote/article/view/50333/31417

Butcher, N. (2014). Technologies in Higher Education: mapping the terrain. New York: Unesco, 2014. Disponível em: iite.unesco.org/pics/publications/en/files/3214737.pdf

Haguenauer, C. J., Mussi, M. V. & Cordeiro Filho, F. (2009). Ambientes virtuais de aprendizagem: definições e singularidades. Educaonline, 3(2), maio/ago. 2009.

Hayes, S. (2015). MOOCs and quality: a review of the recent literature. Gloucester: QAA.

Kuntz, V. H. & Ulbricht, V. R. (2014). Panorama dos estudos de usabilidade em Massive Open Online Course (MOOC). Nuevas Ideas en Informática Educativa. TISE, 2014. Disponível em: tise.cl/2015/img/TISE2014.pdf

Poy, Raquel. (2014). Factores de exito de los MOOC: algunas consideraciones criticas. RISTI: Revista Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação, 14.

Pretto, N. L. (2008). Além das redes de colaboração: internet, diversidade cultural e tecnologias do poder. Salvador: EDUFBA.

Romanowski, J. P. & Ens, R. T. (2006). As pesquisas denominadas do tipo “estado da arte” em educação. Diálogo Educ., Curitiba, 6(19), pp. 37-50. Disponível em: www.scielo.br/pdf/es/v23n79/10857.pdf

Santos, A. I. (2015). Educação aberta: histórico, práticas e o contexto dos recursos educacionais abertos. In: Santana, B.; Rossini, C.; Pretto, N. L. (org.). Recursos educacionais abertos: práticas colaborativas, políticas públicas. (pp. 71-89). Salvador: EDUFBA.

Scortegagna, L. & Silveira, L. F. (2014). Massive Open Online Course (MOOC) na Educação Matemática: Possibilidades. Atas do XXV Seminário de Investigação em Educação Matemática. (pp. 449-452). Braga: APM.

Siemens, G. (2004). Connectivism: a learning theory for the digital age. Disponível em: www.elearnspace.org/Articles/connectivism.htm

Yuan, L. & Powell, S. (2013). MOOCs and Open Education: implications for Higher Education. London: CETIS. Disponível em: http://publications.cetis.org.uk/wp-content/uploads/2013/03/MOOCs-and-Open-Education.pdf

Wiley, D. & Hilton, J. Openness, dynamic specialization, and the disaggregated future of Higher Education. IRRODL, 10(5). Disponível em: http://www.irrodl.org/index.php/irrodl/article/view/768/1414




DOI: https://doi.org/10.18264/eadf.v6i3.392



Direitos autorais 2018 Revista EaD em FOCO

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

UNIVERSIDADES CONSORCIADAS